(67) 99826-0686
Dengue FEV

Chances do Palmeiras conquistar o Campeonato Brasileiro chegam a 63%

Levantamento tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes na competição, bem como a dificuldade dos jogos em função dos adversários

4 OUT 2016
Globo Esporte
15h16min

No término da primeira rodada do Brasileirão após a Conmebol anunciar que o Brasil ganhou mais duas vagas para a disputa da Taça Libertadores a partir do ano que vem, transformando o G-4 em G-6, o líder Palmeiras (57) aumentou de um para três pontos a sua vantagem para o Flamengo, segundo colocado com 54. Segundo o site Infobola.com.br, do matemático Tristão Garcia, as chances de o Verdão conquistar o título subiram de 49% para 63% após a vitória fora de casa por 3 a 2 sobre Santa Cruz, penúltimo colocado com 23 pontos. Por sua vez, com o empate por 0 a 0 como São Paulo, no Morumbi, as probabilidades de o Flamengo ser campeão reduziram de 41% para 23%, enquanto as do Atlético-MG, que derrotou a Ponte Preta por 2 a 1, no Moisés Lucarelli, passaram de 7% para 11%. As outras duas equipes que ainda têm possibilidades de levantar a taça são Santos (2%) e Fluminense (1%).

O levantamento tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes na competição, bem como a dificuldade dos jogos em função dos adversários. Com o aumento no número de clubes para a disputa da Taça Libertadores em 2017, Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG, todos com 99% de probabilidades, praticamente já garantiram suas vagas no principal torneio continental faltando 10 rodadas para o término do Brasileiro. O Santos, com 91%, também está com a situação bem encaminhada. 

Atuais quinto e sexto colocados do Brasileirão, o Fluminense (46) e o Atlético-PR (42) têm, respectivamente, 79% e 38% de possibilidades para assegurar as duas vagas restantes. No entanto, é bom o Tricolor e o Furacão não vacilarem, pois outros oito clubes seguem na briga. São eles: Botafogo (29%), Corinthians (26%), Grêmio (17%), Ponte Preta (11%), Chapecoense (6%), além Coritiba, Vitória e São Paulo, todos com 2%. Com 28 rodadas realizadas, a diferença do sexto colocado para o 14º é de sete pontos. Para Tristão, o time que somar 61 pontos praticamente garante uma das seis vagas na Libertadores. 

Na luta contra o rebaixamento, o América-MG, que ensaiou uma reação após vitórias no Independência sobre Botafogo e Internacional, está cada vez mais próximo da Série B após a derrota por 3 a 0 para o Coritiba. Na última posição, com 21 pontos, o risco de o Coelho cair é de 99%. O Santa Cruz é outro clube que está bastante ameaçado. A probabilidade de o Santinha não permanecer na elite do futebol brasileiro é de 98%. Por outro lado, a vitória do Internacional sobre o Figueirense por 1 a 0 melhorou um pouco a situação do Colorado. Com o resultado, o time gaúcho chegou aos 30 pontos e diminuiu as suas possibilidades de disputar a Segunda Divisão em 2017 de 70% para 63%, enquanto o Figueira aumentou o risco de 41% para 55%. 

Com 33 pontos, o Cruzeiro, que derrotou o Grêmio por 1 a 0 reduziu de 34% para 25% as probabilidades de queda. As outras equipes ainda ameaçadas pelo rebaixamento são Sport (23%), Vitória (13%), São Paulo (10%), Coritiba (8%), Chapecoense (3%), Ponte Preta (2%) e Grêmio (1%). Na opinião de Tristão Garcia, 47 pontos é uma soma que praticamente assegura a permanência de uma equipe na elite do futebol nacional. 

Veja também