Menu
sábado, 28 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Top Esporte

Em noite de gala, Timão bate o Fla e está na final da Copa do Brasil

Pedrinho precisou de menos de 1 minuto para mostrar que tem estrela e garantiu a vitória do alvinegro em Itaquera

27 setembro 2018 - 10h00Por Luis Abraham

As duas maiores torcidas do Brasil viveram sentimentos distintos após a noite desta quarta-feira (27). Euforia de um lado. Frustração do outro. A partida foi bem mais movimentada que duas semanas atrás, o Corinthians venceu o Flamengo por 2 a 1 e se classificou para a final da Copa do Brasil. Além da vontade da equipe da casa e da evidente falta de efetividade dos rubro-negros, brilhou a estrela do garoto Pedrinho, que entrou em campo no segundo tempo e marcou o gol da vitória um minuto depois. Os outros gols foram marcados por Danilo Avelar e Henrique (contra).

Timão abre o placar

O Corinthians começou o jogo com uma postura totalmente diferente da apresentada duas semanas antes do Maracanã, em casa e empurrado pela fiel torcida, buscou jogo e teve atitude logo nos primeiros momentos da partida.  O gol foi questão de tempo, logo aos 13 minutos, Jadson deu bela assistência para Danilo Avelar na esquerda. Éverton Ribeiro não acompanhou a jogada e deixou o corintiano cara a cara para alvejar a meta de Diego Alves.

Fogo amigo

O gol poderia ter feito os donos da casa pressionarem o Flamengo até o fim da primeira etapa, mas a vantagem durou pouco, e aos 17 o Flamengo foi para cima e empatou. Willian Arão deu passe antecipando a chegada de Pará pela direita. O lateral rubro-negro cruzou e contou com a ajuda do corintiano Henrique, surpreendendo o goleiro Cássio e marcando contra.

Brilha uma estrela no segundo tempo

O segundo tempo começou com Flamengo propondo o jogo. Porém sem efetividade, a bola girava pelo ataque, mas sem preocupar a defesa corintiana. A melhor chance foi em um chute de Vitinho, substituindo Diego a partir da segunda etapa, após tabela com Paquetá. Mas o Corinthians teve paciência e contou com a estrela do jovem Pedrinho.


Mesmo entrando do meio para o fim do jogo, o jovem Pedrinho foi o grande nome da partida (Foto: Marcos Ribolli / Globo Esporte)

Um minuto após substituir Clayson, o garoto entrou e definiu o jogo. Aos 23 minutos, iniciou nos pés de Romero, que tocou para o meio. A bola desviou em Jadson e sobrou para Pedrinho, que girou e bateu na entrada da área, no canto de Diego Alves. O goleiro do Flamengo pulou, mas não conseguiu fazer a defesa.