tjms julho
ALMS - RAMAL
Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
ALMS
Top Esporte

Em partida disputada, Brasil fica com a prata na bocha na classe BC4

Eslováquia derrotou o Brasil na bocha classe BC4, na tarde de hoje (12).

12 setembro 2016 - 18h19Por Agência Brasil

Dirceu Pinto, Eliseu dos Santos e Marcelo dos Santos ficaram com a medalha de prata, que foi muito comemorada na Arena Carioca 2. O público aplaudiu muito os brasileiros durante a partida e também na cerimônia de premiação. O trio deixou o pódio com o sorriso estampado no rosto, com a sensação de dever cumprido.

“Conseguimos chegar na final em um jogo duríssimo contra a Grã-Bretanha na semifinal. Triste por perder a medalha [de ouro], mas muito feliz pela medalha de prata, porque a nossa meta é ganhar ouro, prata ou bronze para divulgar a bocha adaptada no Brasil, para que outras pessoas saiam de suas casas, vivam seus sonhos assim como eu, Eliseu e Marcelo estamos vivendo aqui no Rio”, disse Dirceu.

O Brasil começou bem a partida e fechou a primeira parcial vencendo por 2 a 0. A Eslováquia, no entanto, se recuperou e empatou o jogo na segunda parcial. Foi aí que brilhou a estrela de Samuel Andrejcik. Ele conseguiu virar o jogo na terceira parcial, acertando uma bola perfeita, afastando a bola brasileira da bola branca.

No último set, novamente ele. Andrejcik, na segunda jogada, “colou” a bola eslovaca na bola branca, de uma forma que nem Eliseu ou Marcelo, especialistas em bolas de longa distância, conseguiram retirar. “Hoje foi o dia da Eslováquia, tanto que eles tiraram nosso ponto na última bola do segundo set, e no quarto set o Samuel veio e colou uma bola perfeita, o que ele não costuma fazer. Então, hoje a gente entendeu que era o dia deles”, comentou Dirceu.

“A gente fez um grande jogo, usamos todas as estratégias que tínhamos. Saímos na frente, tivemos a possibilidade de buscar um ponto na segunda parcial, mas acabamos pecando naquele momento. Na terceira parcial eles foram melhores”, disse Marcelo dos Santos.

Pódio em família

É a primeira paralimpíada de Marcelo com pódio. “É a minha primeira participação em Paralimpíada e graças a Deus estou levando essa medalha. Poder receber essa medalha é um momento único, eu vou levar para o resto da minha vida”, disse.

Eliseu já havia ganho ouro duas vezes em Pequim 2008 e Londres 2012. Para ele, poder ganhar uma medalha junto com o irmão Marcelo torna os jogos de 2016 especiais. “Toda medalha tem valor, mas essa é muito especial pelo fato de estar com o Marcelo, meu irmão, e também o Dirceu, meu irmão de coração. É uma alegria ele estar aqui podendo ganhar a medalha e essa medalha tem muito valor”.

Leia Também

Com baixo estoque, Hemosul convoca doadores de sangue em Campo Grande
Cidade Morena
Com baixo estoque, Hemosul convoca doadores de sangue em Campo Grande
Solzinho bem-vindo: previsão de calor e tempo firme neste sábado em MS
Cidade Morena
Solzinho bem-vindo: previsão de calor e tempo firme neste sábado em MS
Deputado de MS quer triplicar pena de abusador que tem relação de confiança com a vítima
Política
Deputado de MS quer triplicar pena de abusador que tem relação de confiança com a vítima
VÍDEO: será burrice? Galera 'toca o F...' e aglomera em posto de gasolina perto da Euler
Cidade Morena
VÍDEO: será burrice? Galera 'toca o F...' e aglomera em posto de gasolina perto da Euler