TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Ricardo Gomes é demitido pelo São Paulo; Pintado assume interinamente

Criticado pela torcida, treinador nem comandará a equipe nos jogos contra Atlético-MG e Santa Cruz, que encerrarão a participação tricolor no Brasileiro

23 NOV 2016
Globo Esporte
12h35min
Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net

Ricardo Gomes não é mais o técnico do São Paulo. O treinador, que havia sido bancado no comando da equipe para a próxima temporada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva na semana passada, foi desligado do Tricolor nesta quarta-feira, depois do treino.

Ele deixa a equipe após 18 partidas, com seis vitórias, cinco empates e sete derrotas (aproveitamento de 42,59%).

Ricardo Gomes nunca teve paz para trabalhar no São Paulo. Apresentado em agosto, ele chegou para substituir Edgardo Bauza, que havia deixado o Tricolor para assumir o comando da seleção da Argentina. Só que sempre foi questionado pelos torcedores, principalmente porque não conseguiu fazer o time evoluir dentro de campo. No nacional, a equipe do Morumbi sofreu com o risco de rebaixamento, tanto que só se livrou dessa ameaça na última rodada, quando o Internacional perdeu para o Corinthians em Itaquera.

A notícia da demissão foi dada pelo diretor executivo do Tricolor, Marco Aurélio Cunha, em entrevista concedida no CT da Barra Funda.

- O São Paulo Futebol Clube anuncia que teremos uma mudança no comando técnico. Ricardo Gomes e o auxiliar Luiz Otávio deixam o clube. Agradecemos o trabalho. Vamos começar novos planos dentro da nossa ideologia para 2017. O Pintado será o treinador interino para os jogos que faltam e na pré-temporada para a Flórida Cup teremos o novo treinador - afirmou o dirigente.

A diretoria agora terá tempo para pensar no substituto. Internamente, um nome bastante comentado é o do ex-goleiro Rogério Ceni. Inclusive, o presidente Leco já disse em ocasiões passadas que vê o ídolo tricolor pronto com capacidade suficiente para comandar a equipe.

 

Veja também