TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Sobrevivente, jogador do Flamengo pede doações

Atleta mora em Cuiabá (MT) e disse ter fugido do fogo somente com o celular

10 FEV 2019
Olhar Direto
17h06min
Foto: Reprodução/Instagram

O cuiabano Kennyd Lucas, de 14 anos, que estava no quarto que pegou fogo no ‘Ninho do Urubu’, Centro de Treinamento das categorias de base do Flamengo, na última sexta-feira (8), precisa de doações de roupas e calçados, já que perdeu tudo o que tinha no incêndio. Ele chegou à capital mato-grossense ontem, sábado (9).

De acordo com Clóvis Andrade, amigo da irmã de Kennyd, o jogador só conseguiu salvar seu celular e o carregador. “O pessoal questiona muito sobre o Flamengo. O Flamengo ficou de dar assistência, mas o que ele precisa é de imediato. O time não recuou em dar assistência, mas ele perdeu todas as roupas e precisa agora”, explicou.

Kennyd estava no quarto que pegou fogo, e precisou correr para salvar a própria vida. O mato-grossense vivia sozinho no Ninho do Urubu. Seu pai é de Cuiabá e mora no bairro Praerinho. O atleta treinou durante um ano e meio na Academia de Futebol e foi descoberto pelo Flamengo após uma competição realizada em Marília (SP). Agora, não tem previsão de quando volta para o Rio de Janeiro.

“Ele está abalado, abatido, com tudo que aconteceu. Até porque a ficha demora pra cair, e cada um foi pra um rumo... os corpos dos que faleceram foram enterrados em locais diferentes. E o clube está atendendo primeiro as famílias das vítimas fatais”, contou Clóvis.

A redação entrou em contato com a irmã de Kennyd, que afirmou que não aceita doações em dinheiro, somente de roupas. "Tem gente que é de longe, que não tem como mandar roupa e que dar dinheiro pra ele e tem muita gente levando pelo lado ruim", lamentou. "As roupas são só pra ele se estabelecer aqui em Cuiabá, porque ele está sem", completou.  

O caso

Dez pessoas morreram em um incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo no início da manhã desta sexta-feira (8). Cinco vítimas foram identificadas até as 12h20: eram atletas da base do time. O fogo destruiu parte dos alojamentos do Ninho do Urubu, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio.

As chamas atingiram as instalações onde dormiam jogadores entre 14 e 17 anos que não residiam no Rio. A suspeita é que um curto-circuito em um ar-condicionado foi a causa do incêndio.

Doações

Kennyd precisa de roupas e calçados. As calças / bermudas são de tamanho 38, camisa M e sapato 41. Para fazer doações, entrar em contato com Clóvis pelo número: (65) 99606-8541.

 

Veja também