(67) 99826-0686
Balanço PMCG fev

Após mexer com 'loira' em bar, homem é assassinado a facadas no Los Angeles

Vítima foi atingida com uma facada no pescoço e outra no peito

30 SET 2016
Dany Nascimento e Anna Gomes
08h11min
A vítima aceitou beber na residência do casal e acabou assassinado Foto: Geovanni Gomes

Um homem de aproximadamente 40 anos, que não teve o nome divulgado pela polícia,  foi morto a facadas por volta das 18h30 de ontem (29), no bairro Jardim Los Angeles, após 'mexer' com a namorada de um adolescente de 15 anos. O autor do crime estava em um bar na rua Francisco Manoel da Silva, acompanhado da namorada, identificada como Vanessa Gonçalves Dias, 29 anos, ingerindo bebida alcoólica.

Ao perceber que um homem havia mexido com sua namorada, o adolescente convidou o mesmo para ingerir bebida em sua residência e o homem aceitou. Após utilizar o banheiro da casa, a vítima foi atingida com um golpe de faca no pescoço e no peito.

Conforme o delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, Cleberson Alves, após matar a vítima, o menor fez duas ligações e fugiu com a motocicleta do homem. "Após cometer o crime, o menor ligou para um parente e um amigo. Ele afirmou que tinha matado um homem dentro do banheiro da casa porque ele tinha se engraçado com a Loira, apelido da namorada. Em seguida, o casal fugiu com a motocicleta da vítima, uma motocicleta Shineray, levaram R$ 150 e o aparelho telefônico da vítima ", explica o delegado.

A polícia acredita que Vanessa teria participado do crime, segurando a vítima enquanto o menor esfaqueava e não descarta a possibilidade de uma terceira pessoa ter participado do crime.  Vanessa tem passagens por lesão corporal, abandono de incapaz, receptação e induzimento a fuga. Segundo a polícia, caso seja confirmada a participação da namorada no crime, ela responderá por homicídio, corrupção de menores e furto.

O menor, que seria o suposto autor do crime, tem passagem por ameaça, roubo com emprego de arma e furto. O caso, a principio, foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte), mas de acordo com o delegado, dependendo dos rumos da investigação, poderá se tornar homicídio, caso seja confirmado que o crime foi premeditado.  

Vanessa e o namorado estão foragidos.

                                                                                   

 

 

Veja também