TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Livro sobre ‘trapaça eleitoral’ histórica é lançado dez anos após episódio na Capital

Jornalistas detalham ‘bastidores sujos’ da política e o esquema por trás do caso que interrompeu campanha de Semy Ferraz

17 SET 2016
Amanda Amaral
15h15min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo TopMídiaNews

Uma década após um dos episódios mais polêmicos da história recente das eleições em Campo Grande, o livro ‘Crônica de uma Grande Farsa’ chega oficialmente na Capital’, para contar os bastidores do ocorrido, que permanece impune. A obra dos jornalistas Luiz Taques e José Maschio analisa a política em Mato Grosso do Sul e a organização por trás do dia 29 de setembro de 2006, que atingiu diretamente a campanha do então deputado estadual que buscava reeleição.

Naquele dia, a polícia encontrou em um carro notas de R$ 20 grudadas em santinhos do ex-deputado, o que caracterizava uma tentativa de compra de votos. Meses depois de investigação mais aprofundada em operação que recebeu o nome de ‘Vintém’, a Polícia Federal descobriu através de escutas telefônicas que, na realidade, o caso teria sido orquestrado por um grupo político adversário com nomes bastante conhecidos, entre eles Edson Giroto e André Puccinelli.

O lançamento se dá três anos após a primeira publicação, que foi lançada em Curitiba e Londrina, no Paraná. A grande reportagem, para o protagonista do caso deve trazer um entendimento maior para os campo-grandenses sobre o que chama de ‘a maior sujeira e injustiça dos últimos anos’.

“Eu forneci aos jornalistas, muito competentes, as cópia de todos os documentos do processo, eles contextualizam alguns fatos políticos e curiosidades que acontecem no meio político, puxados por esse ocorrido há dez anos. Isso em uma linguagem coloquial sobre outros fatos que acontecem na política regional e nacional”, diz Semy.

Ele afirma que o resgate dessa história é importante também para esclarecer o que de fato aconteceu como estão classificados os processos na Justiça, que não determinou nenhuma condenação até hoje. “É importante se conhecer os fatos, pois muita gente tem duvida. Acham que eu comprei votos, mas isso não aconteceu e eu faço questão de resgatar meu nome e credibilidade. Nunca tive espaço grande na mídia, é um resgate da verdade através da literatura”, relata.

O livro será lançado no dia 29 de setembro, às 19h, na Rua Sergipe, nº 307, Jardim dos Estados, com a presença dos autores e de Semy Ferraz. 

Veja também