TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
Gov - PPA 23 a 27/07

Amigas se unem para ajudar mulheres a realizarem o sonho de empreender

"Amigas Empreendedoras CG" realizam bazar todo mês com expositoras de todos os segmentos

29 JUN 2019
Nathalia Pelzl
13h30min
Foto: Arquivo Pessoal

Três amigas e um café, o que isso pode render? Para Claudiana, Emília e Eloisa, de 39, 33 e 30 anos, de uma simples reunião surgiu a ideia: ajudar mulheres a empreender. Em junho de 2018, o trio começou um bazar em um bar de Campo Grande, onde cada representante deveria levar um segmento de comércio.

A assistente social Claudiana Niedack, de 38 anos, conta que o que era pra ser um bazar de amigas acabou virando o “Amigas Empreendedoras CG”.

“No nosso primeiro bazar tinha 6 mulheres, uma em cada segmento. Hoje, são 26 expositoras, uma pra cada  segmento como moda, beleza, gastronomia, entre outros”.

Claudiana revela que o evento acontece uma vez por mês, sendo que a mulher empreendedora que deseja participar paga uma pequena taxa para aluguel do espaço, limpeza e lanche no dia da feira. O objetivo do grupo é ajudar mulheres que precisam de uma renda, tendo flexibilidade de horário.

“Incentivamos outras mulheres, que também são mães, são esposas. A maioria que fica em casa tem um talento, mas por estar mais perto do desenvolvimento e crescimento dos filhos, não tem esse tempo de ter um trabalho fixo”, revela.

Gratificação disso? Segundo elas, é ver mulheres descobrindo e investindo no seu potencial como empresárias e empreendedoras.

“O que tem de gratificante nisso são as histórias de mulheres que, às vezes, começavam com seu negócio só para amigos e famílias e, agora, após o convite, deslancharam, cresceram e empreenderam. A gente vê que as mulheres, cada vez mais, estão conquistando seu espaço, estão vestindo a camisa como empreendedoras, isso para nós é muito gratificante”, comenta.

A edição do mês de julho está prevista para acontecer no dia 6. Além das expositoras, uma advogada estará presente no evento para uma breve palestra sobre feminicídio e violência doméstica.

E a feira tem endereço fixo para acontecer, segundo Claudiana, o mesmo empresário que abriu as portas lá no início não abandonou o grupo e segue sendo um incentivador.

“Ele prestigia toda feira, queria deixar aqui nosso sentimento de gratidão”, finaliza.

Endereço

Quem quiser prestigiar o evento e fazer umas comprinhas, pode ir à rua Dom Aquino, 2331, das 10h às 16h, no dia 6 de julho.

Arquivo Pessoal

Veja também