Menu
sábado, 27 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Campo Grande

Dono de supermercado no Centenário é pego com produtos vencidos e carne deteriorada

Comerciante, que foi levado para a delegacia, é reincidente nesse tipo de crime

18 setembro 2018 - 18h08Por Thiago de Souza com assessoria Procon

Ação conjunta do Procon-MS com a Delegacia de Defesa do Consumidor flagrou irregularidades em supermercados, bancos, postos de serviços e farmácia. O caso que mais chamou a atenção foi em um mercado no Jardim Centenário, onde havia produtos vencidos e carne deteriorada.

No caso do supermercado, diz o Procon, foi constatada reincidência na exposição de produtos impróprios para o consumo por estarem com data de validade expiradas, sem especificação de procedência, superposição de etiquetas para modificação de preços ou data de validade. Também não havia informação de preços e embalagens violadas ou amassadas.

Os fiscais encontraram produtos fracionados e deteriorados, principalmente cortes de carnes bovinas e de frangos, linguiça, embutidos, bebidas,além de cereais, biscoitos e  temperos. Todo o material impróprio para o consumo foi descartado na presença dos fiscais.

Por ser reincidente e pela grande quantidade de produtos irregulares, o responsável pelo estabelecimento foi levado para a Decon para esclarecimentos.

Mais irregularidades

Em relação aos bancos a demora excessiva no atendimento foi o principal problema. Além disso, uma das agências não dispunha de sanitários internos para uso dos clientes o que gerou diversas reclamações. As unidades bancárias foram notificadas a encontrar solução para melhor atendimento aos clientes.

Nos postos de serviços, a presença de produtos fora do prazo de validade foi a irregularidade mais constatada. Foi necessário descartar embalagens de graxa, óleo lubrificante e fluido para freios.

Nas farmácias, a reclamação do consumidor dizia respeito a não fornecimento de orçamento solicitado.