TJMS SETEMBRO e outubro
Menu
quarta, 20 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
senar 18/10 a 21/10
Campo Grande

Mãe de sequestrador morto pelo Choque vê 'tribunal do Facebook' dizer: 'vai arder no inferno'

Ela desabafou ao ver outras frases como ''Parabéns à polícia'' e ''bandido bom é bandido morto''

25 setembro 2021 - 07h00Por Thiago de Souza

Mãe do João Vitor Rodrigues da Silva, morto aos 20 anos, lamentou abrir reportagens sobre a morte dele, após troca de tiros com o Batalhão de Choque, na segunda-feira (20), em Campo Grande. Ela viu frases como ‘’Parabéns ao Choque’’ e ‘’Bandido bom é bandido morto’’. 

Uma das matérias citadas pela mulher é do TopMídiaNews, que divulgou que João Vitor ostentava dinheiro e imagens de matador de policiais nas redes sociais. Porém, o que bateu forte no peito dela foram as falas dos internautas na seção de comentários.  

‘’Bandido é bandido. Ainda mais quando entra na casa de uma família e quer ‘pagar de louco’. Quem age assim tem de levar balaço mesmo. Esse mané agora arde no inferno’’, disse um internauta. 

Outro emendou: ‘Se eu sinto a morte dele? Não! Dou graças a Deus. Antes a vida desse estrume que a de um inocente’’, escreveu um rapaz. 

Apoio

Em todas as postagens da mãe no Facebook, foram mais de 300 comentários. Grande parte dava apoio a ela, no momento mais doloroso para quem pôs um filho no mundo.

‘’Pessoas sujas sem coração. Que Jesus te conforte seu coração. Não se preocupa não, sempre quem aponta o sendo senta no rabo’’, comentou uma amiga. 

Outra disse: ‘’Deus sabe o que faz. Ele já perdoou seu filho, que agora está em um lugar melhor e ninguém tem o direito de apontar o dedo para os erros’’. 

João Vitor morreu nas mãos da polícia após sequestro

Desabafo

Nesta quarta-feira (22), a mãe agradeceu as mensagens de carinho, recebidas pela morte do garoto, mas também por conta dos comentários sobre a vida criminosa de João Vitor. Ela rebateu as críticas. 

‘’Sobre esses povo que fica aí falando coisas que não tiveram capacidade de falar para o Joao Vitor em vida, não adianta ficar aí tentando me afrontar. Ao invés disso, vão orar e cuidar mais dos seus filhos’’, respondeu a mãe de João Vitor. 

A mulher sugeriu também que ‘’muitos que a criticam tem um ‘dedo podre’ na família’’. Ela destacou que não torce para que isso ocorra com ninguém ‘’mas que todos devem vigiar, porque ninguém sabe o dia de amanhã’’.

Morte

João Vitor esteve envolvido no sequestro da esposa de um comerciante de obras de arte, no bairro Itanhangá Park, no dia 19 de setembro. Ele e o comparsa teriam visto a vítima sair de uma padaria com joias e decidiram assaltá-la. 

No entanto, diz a investigação, a dupla, que já tinha rendido a mulher e o marido dela, dentro de casa, percebeu a movimentação de um vigia e mudou de planos. Saíram com a vítima da casa e a levaram para um cativeiro, onde exigiram R$ 50 mil pela vida dela. 

O esposo da vítima disse que não tinha todo o valor e pagou R$ 18 mil e um relógio de marca valiosa. Os criminosos então pegaram o dinheiro e soltaram a vítima. 

Horas depois do crime, o primeiro envolvido, Claudinei dos Santos de Oliveira, 29 anos, conhecido como ‘’Carcaça’’, foi preso e confessou a ação criminosa. A investigação prosseguiu, até João Vitor ser encontrado, na rua Daniela Perez, no residencial Betaville. 

O suspeito foi abordado e reagiu atirando contra equipes do Choque e Garras. Ele foi baleado e morreu. João Vítor teria entrado no crime aos 14 anos e tinha diversas passagens pela polícia. 


 

Leia Também

Com ciúmes de companheiro, detento fura colega de cela em Dourados
Interior
Com ciúmes de companheiro, detento fura colega de cela em Dourados
Motorista de transporte escolar é preso por estupro de crianças em Anaurilândia
Interior
Motorista de transporte escolar é preso por estupro de crianças em Anaurilândia
Autoescolas da Capital são notificadas pelo Procon-MS e Detran
Campo Grande
Autoescolas da Capital são notificadas pelo Procon-MS e Detran
Ladrão cara de pau abre portão de casa e foge com televisão no Los Angeles
Polícia
Ladrão cara de pau abre portão de casa e foge com televisão no Los Angeles