TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Mais de 8 mil pessoas são abordadas em primeiro dia de barreira sanitária na Capital

Agentes de saúde e segurança estão em cinco das sete saídas da cidade

27 maio 2020 - 09h00Por Rayani Santa Cruz

No primeiro dia de operação, as barreiras sanitárias instaladas pela Prefeitura de Campo Grande em cinco pontos das principais entradas do município  abordaram mais de 8 mil pessoas em aproximadamente 4,4 mil veículos. 

A maioria vinda do interior e de outros estados. O objetivo da ação que segue até esta quarta-feira (27) é orientar motoristas e passageiros sobre as medidas de prevenção do coronavírus (Covid-19), além de identificar  e realizar a testagem nos possíveis casos suspeitos.

Conforme os dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), ao todo foram abordados 4.494 veículos e 8.199 pessoas avaliadas, sendo que vinte e duas apresentaram ou relataram sintomas da doença, como febre, dor de cabeça e coriza e 13  realizaram teste rápido para detectar a presença do vírus. Não houve nenhum resultado positivo.

A abordagem

A abordagem consiste na aferição de temperatura corporal, aplicação de formulários para casos assintomáticos e sintomáticos para Covid-19, além de orientação sobre as medidas de prevenção da Covid-19. Os veículos ainda passam por um processo de desinfecção dos pneus antes de seguir viagem.

Caso seja detectado o estado febril, um dos sintomas do coronavírus, o motorista ou passageiro realizará o teste rápido. A ação acontece também em parceria com as 17 barreiras já instaladas nas fronteiras pelo governo do Estado. Ao passar por uma dessas fronteiras, o motorista recebe um adesivo, sendo liberado pela barreira sanitária.

A operação que teve início ontem (27) envolve mais de 200 pessoas e conta com apoio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Guarda Civil Metropolitana, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Estadual de Trânsito, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.