TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Marquinhos autorizou e quem violar toque de recolher vai PRESO

Serão 15 dias de vigência do toque de recolher, que vai até às 5h da manhã

21 março 2020 - 18h07Por Diana Christie

Desobedecer ao toque de recolher, que começa a partir das 22h deste sábado (21), pode resultar em prisão. A informação é do prefeito Marquinhos Trad (PSD), que anunciou as mudanças nesta tarde.

Serão 15 dias de vigência do toque de recolher, que vai até às 5h da manhã. A Secretaria de Meio Ambiente e a Guarda Municipal serão responsáveis pela fiscalização de aglomerações em Campo Grande.

Secretário Municipal de Segurança Pública, Valerio Azambuja, anunciou que hoje, a partir das 20h, em torno de 100 guardas civis municipais que estão de plantão, mais 50 profissionais que serão convocados para reforço, vão percorrer as ruas da Capital orientando a população.

Já a partir das 22h, “aquelas pessoas que se encontrarem nesse tipo de reunião, nas ruas, em bares, conveniências e praças, poderão ser encaminhadas para a delegacia de polícia por desobediência de um decreto municipal”, diz Azambuja.

Serão usadas 25 viaturas e 25 motocicletas na fiscalização. Pessoas em trânsito para hospitais e postos de saúde, trabalhadores de delivery e motoristas de aplicativo podem continuar as atividades, desde que respeitando as regras de não aglomeração de pessoas. Comércios que desrespeitarem a lei podem ter o alvará suspenso.

Para denunciar aglomerações, é possível entrar em contato pelo telefone (67) 3314-9955. A partir das 23h, a Guarda também vai receber denúncias pelo telefone 153.