TJ BANNER JUNHO 2022
PREF MARACAJU JUNHO REFIS 2022
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Moradora quer asfalto na rua e denúncia dificuldade em viver com poeira e lama (vídeo)

Equipes da Prefeitura de Campo Grande fizeram patrolamento no Centenário, mas moradores pedem pavimentação

22 janeiro 2022 - 09h30Por Rayani Santa Cruz

Aurea Madeira, 32 anos, moradora da rua Calábria, no Jardim Centenário, em Campo Grande, denuncia que tem vizinho até sem poder tirar o carro da garagem por conta das péssimas condições de três vias específicas do bairro. Ela indica o sofrimento de viver com "poeira e lama", principalmente quem reside nas ruas Cabrália Paulista [esquina com a rua Mesquita], Itaituba e a rua Barra da Corda.

Segundo ela, a situação da rua Barra da Corda é a pior de todas, e que um morador está, há meses, impedido de tirar o carro do quintal, e que o serviço de coleta não passa na via por conta das crateras. Ela afirma que nem mesmo uma ambulância consegue transitar no local em caso de urgência. 

Ela explica que os moradores já solicitaram melhorias através de ofício à Prefeitura de Campo Grande e a vereadores, mas até agora nada foi feito.

 “Essas ruas Cabrália Paulista [esquina com a rua Mesquita], Itaituba e a Barra da Corda não estão no plano de asfalto do Centenário. Soubemos que tem uma emenda com previsão de começar a obra de asfaltamento em fevereiro. Mas, a gente solicitou que essas três vias também entrem no plano através da vereadora Camila Jara (PT). Fizemos um ofício solicitando o asfaltamento.”

Aurea afirma que os moradores estão sem resposta sobre as três vias problemáticas.  “Não dão resposta pra gente. E precisamos que nos ajude precisamos desse asfalto.”

Patrolamento

Nesta quinta-feira (20), equipes da prefeitura fizeram patrolamento e manutenção das vias, mas a moradora afirma que a solução é paliativa.

“Passaram com a manutenção lá hoje e quase nem acreditei, pois há tempos estávamos fazendo as solicitações na prefeitura referente a essa questão. A gente questiona os motivos dessas ruas estarem sem o asfalto. O comércio não desenvolve por conta da poeira e da lama, por isso pedimos atenção do poder público.”

Veja o vídeo: