TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
segunda, 23 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Campo Grande

Repórter Top: acompanhante de paciente filma quartos sujos e reclama de caos na Santa Casa

Hospital afirma que reformas estão sendo executadas para oferecer melhor comodidade aos pacientes e acompanhantes

17 setembro 2018 - 13h15Por Dany Nascimento

Revoltada a situação precária da estrutura dos quartos da Santa Casa da Capital, uma leitora do TopMídiaNews, que optou por não se identificar, encaminhou fotos e vídeos e afirma que os pacientes internados no primeiro andar, área C do hospital, convivem diariamente com sujeira. No vídeo, a mulher mostra móveis e lençóis sujos e pisos e poltronas danificados.

“Olha o piso do quarto para pessoa que está com água no pulmão. Tem que mudar os pacientes deste quarto, tem que ser isolado, área coronária para pessoa com estado grave, mas antes colocar na lavanderia ou no lixão da Santa Casa, isso aqui tem que ser proibido. É um descaso total”, diz a leitora.

A mulher afirma que está acompanhando o marido no local, que enfrenta problema de falência dos rins. “Quero que a população veja isso, esse quarto tem que ser reformado, aqui tem paciente com água no pulmão e tem duas lixeiras dentro do quarto. Os pacientes devem trocar de quarto imediatamente, essa é a Santa Casa de misericórdia”.

A acompanhante ressalta que outros quartos do mesmo andar também estão deteriorados. “ Assim está a maioria dos quartos. Isso aqui não é quarto de paciente. Olha a poltrona de acompanhante, lençol de forrar a cama sujo, mesa suja. O cobertor para se cobrir está cheio de urina e cocô embolado”.

Santa Casa

A assessoria de imprensa do hospital afirma que o primeiro andar está passando por reformas e novas poltronas para acompanhantes já foram compradas. “De fato o prédio da Santa Casa é antigo e algumas alas sofrem com o desgaste do tempo, contudo o primeiro andar já está em reforma e iniciou na ala C, onde faltam apenas três enfermarias para conclusão. Quanto ao mobiliário realizamos a compra de novas poltronas e serão entregues no prazo de 90 dias”.

Sobre a higiene dos quartos, a assessoria informa que não existem reclamações na ouvidoria sobre a limpeza, mas os colaboradores são orientados diariamente a fiscalizar a situação. “ Com relação a higienização nossos colaboradores são constantemente orientados e fiscalizados para manter as enfermarias limpas. Buscamos em nossos registros reclamações relacionadas, não constando. Encontramos elogios sobre o local”.