Menu
domingo, 22 de maio de 2022 Campo Grande/MS
FAMASUL MAIO BANNER
Campo Grande

Sesau investiga se morte de menino de 5 anos foi causada por dengue na Capital

Secretário ressaltou que resultados de exames devem sair daqui 30 a 60 dias e pode ser o 2º na Capital

25 fevereiro 2019 - 16h16Por Nathalia Pelzl e Amanda Amaral

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde lamentou a morte de Sidney Reis Nantes, 5 anos, por dengue hemorrágica em Campo Grande. O garoto pode ter sido vítima de negligência médica no UPA (Unidade de Pronto Atendiemento) Universitário e foi a óbito no Hospital Universitário. 

O secretário municipal de saúde, Marcelo Vilela, ressaltou que o caso será investigado e o resultado deve sair de 30 a 60 dias. Ele destacou também que, como existem dois tipos da doença, ou seja, acaba que o público mais vulnerável à dengue hemorrágica esteja abaixo de dez anos e também idosos.

Vilela pontuou que a morte de um idoso, com suspeita de dengue, também está sendo investigada desde janeiro.

“O quadro clínico de crianças e idosos geralmente avança muito rápido, em três dias, enquanto o normal seria mais de cinco em outras faixas etárias”, disse o vereador enfermeiro Fritz (PSD).

A Sesau informou ainda que, desde janeiro, foram expedidos protocolos com a intenção de monitorar os atendimentos para casos de dengue, zika e chikungunya, além da capacitação de profissionais.