TCE Novembro
Menu
terça, 30 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Campo Grande

Testemunha diz que motorista de aplicativo dormiu e descarta sequestro

Versão vai contra a contada pela família de que ele estaria no porta-malas e ferido

26 novembro 2018 - 13h49Por Nathalia Pelzl

O motorista de aplicativo Márcio Fábio Rodrigues Jara, 37 anos, que suspostamente teria sido encontrado no porta-malas do próprio carro, inconsciente e ferido, na verdade estaria dormindo no banco traseiro do carro, com o ar ligado. Ao menos é o que alegam testemunhas, que o encontraram na manhã deste domingo (25).

Informações são de que ele havia saído para realizar uma corrida até o bairro São Conrado, em Campo Grande, por volta de 22h de sábado (24), sendo encontrado 14 horas depois no veículo, que estava estacionado na Avenida Ernesto Geisel.

Na versão da família do motorista, eles o encontraram com a ajuda de outros motoristas de aplicativos. Segundo a mãe Arcineia Rodrigues, 56 anos, ele estava desacordado e com ferimentos em um dos olhos.

Quando acordou, teria começado a gritar. “Ele não parece entender nada, estava assustado e só perguntava o que estava acontecendo, falando que tinha família, umas coisas sem nexo”, diz.

Já para a testemunha que o encontrou, o homem estava dormindo no banco de trás com o ar ligado, sem ferimentos e apenas aparentando estar descansando, descartando assim qualquer hipótese de sequestro.

O caso havia sido registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga como desaparecimento.