Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Cidade Morena

Andar na rua é motivo de medo para 79% das mulheres campo-grandenses, revela pesquisa Itop

Coleta de opinião ouviu 600 participantes entre os dias 4 e 12 de março

18 março 2019 - 07h00Por Thiago de Souza

Pesquisa Itop, que ouviu 600 mulheres neste mês que celebra o Dia Internacional das Mulheres, revela que o maior medo das campo-grandenses é o simples ato de andarem sozinhas na rua. Para 79% das entrevistadas, esta é a principal dificuldade na cidade, aliada à precariedade na saúde, apontada por 63% das participantes.  

Conforme a resposta das mulheres, coletadas entre os dias 4 e 12 de março, a sensação de medo ao andar pelas vias da cidade se dá em qualquer período do dia.

Em relação aos problemas da saúde em Campo Grande, os mais destacados são a falta de médicos nas unidades públicas e atendimento com profissionais especialistas, como ginecologistas. A dificuldade em fazer consultas e exames na rede pública também aparece como complicador para a saúde das mulheres.  

Assédio

Assédio e importunação sexual sofridos dentro dos ônibus coletivos aparece em terceiro lugar na pesquisa, com a confirmação de 49% das entrevistadas. Elas apontam ainda que a falta de segurança se estende aos pontos de ônibus nos bairros da cidade.

Filhos

A falta de vagas em creches, chamadas antigamente de Ceinfs e agora de Escolas Municipais de Ensino Infantil, também é apontado por 39% das mulheres ouvidas.  O déficit neste setor da educação é alto e, muitas vezes, é preciso recorrer à Defensoria Pública e ou à Justiça.

Itop

Foram ouvidas mulheres de grupos de idade de 16 a 34 anos, 35 a 44 e acima de 45 anos. No entanto, a maioria das pesquisadas, 48%, tinha mais de 45 anos. O grau de escolaridade das participantes é fundamental, médio e superior. 53% delas se declararam brancas, enquanto 45% de entendem negras e 2% se colocaram em outras classificações.

Leia Também

Tá podendo: aprovação de Bolsonaro sobe entre quem recebe auxilio emergencial
Geral
Tá podendo: aprovação de Bolsonaro sobe entre quem recebe auxilio emergencial
Mula: PRF prende homem com quase 47 kg de pasta base cocaína em Anastácio
Interior
Mula: PRF prende homem com quase 47 kg de pasta base cocaína em Anastácio
Flordelis vai usar tornozeleira e cumprir toque de recolher no Rio
Geral
Flordelis vai usar tornozeleira e cumprir toque de recolher no Rio
Total de mortos pela covid-19 chega aos 135 mil no Brasil, diz boletim
Geral
Total de mortos pela covid-19 chega aos 135 mil no Brasil, diz boletim