Menu
Busca domingo, 15 de dezembro de 2019
Cidade Morena

Após reportagem, idoso consegue tratamento para grave câncer em Campo Grande

Paciente de 85 anos deve receber atendimento de equipe multidisciplinar da Sesau

15 maio 2019 - 15h00Por Amanda Amaral

O idoso Silvio Fernandes Menezes, 85 anos, conseguiu tratamento para o câncer de bochecha que se espalha por seu rosto. Há meses, sua família tentava uma vaga em hospitais de Campo Grande e alimentação especial pela rede pública de saúde, mas as respostas positivas só vieram depois que o caso surgiu na imprensa.

Nesta quarta-feira (15), a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou ao TopMídiaNews que está dando todo suporte ao paciente e seus familiares. Ele passará a ser acompanhado pela equipe do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), em conjunto com a UBS (Unidade Básica de Saúde) Coophavilla.

Conforme seu neto Wanderley Fernandes Lopes, no início da tarde Silvio passou por avaliação no Hospital de Câncer Alfredo Abrão, e pelas condições físicas frágeis deve receber por enquanto apenas o tratamento em casa. “O caso dele precisaria da radioterapia, mas na situação atual não dá. Então ele vai ter esse acompanhamento de médicos e nutricionistas, toda essa equipe”, relata.

Idoso estava subnutrido e ferida se espalhava pelo rosto. (Foto: arquivo pessoal)

A equipe da Sesau fará uma visita de avaliação na casa do idoso e está sendo viabilizado o recebimento de doação de dietas e suplementos, além de uma cama hospitalar para melhor acomodá-lo. Wanderley conta que já recebeu algumas doações também de quem se solidarizou com a reportagem.

“Já teve uma evolução muito boa da forma em que fomos tratados, foram muito atenciosos, tivemos ajuda de todos os lugares. Só tenho a agradecer”, diz o neto.

Defensoria

Segundo a Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, a família não apresentou laudo de urgência, por isso a solicitação entrou juntamente com os agendamentos. O laudo, em geral, é elaborado pelo médico que atende o paciente, mas no caso de Silvio havia apenas um pedido de radioterapia e suplementação alimentar.

A Defensoria destaca, através da assessoria, que casos de urgência são colocados como prioridade e o pedido de liminar judicial geralmente sai no mesmo dia. O Judiciário também agiliza o procedimento e responde em poucas horas.

O órgão se comprometeu em entrar em contato com a família do idoso para realizar os processos necessários.