Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
Top Ms
Cidade Morena

Após tumulto e denúncias de boca de urna, sai lista dos 25 conselheiros tutelares mais votados

Comissão Eleitoral nega a falta de cédulas para votação nas sessões

09 outubro 2019 - 11h00Por Dany Nascimento

Um total de 20.349 eleitores participou das eleições para Conselheiro Tutelar e escolheram os 25 representantes que devem assumir mandato a partir do dia 10 de janeiro de 2020, em Campo Grande. 

De acordo com o diretor presidente do CMDCA, Celso Santos, 60 sessões foram espalhadas pela Capital e as eleições contaram com votos da população de Anhanduí e Rochedinho.

Sobre os problemas apontados pelos eleitores, como a falta de cédulas nas sessões, o presidente afirma que uma equipe de 14 pessoas era responsável pelo reabastecimento.

“Foram 20.349 votos apurados e 20.166 votos válidos. Essa questão da falta de cédulas, acabava, aí o cidadão perguntava para o mesário, obviamente que ele não sabia quando seria reabastecido, mas era feito de forma rápida. Acontece que um eleitor que recebia a informação de que não tinha cédula, saía do local para ir embora, avisando outros eleitores que não tinha cédula, quando na verdade estava sendo reabastecido”, explica.

Sobre o problema, Celso afirma que a Comissão recebeu muitas cédulas em branco e nega a falta do meio de votação. “Não teve falta, quando fomos recolher, recebemos muitas cédulas em branco de volta que não foram utilizadas. Na prefeitura, foram impressas 24 mil cédulas, já aqui, fizemos a impressão de 6 mil cédulas”.  

Segundo Angelo Motti, do Instituto Águia, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) mudou as sessões de votação e muitos eleitores ainda não tinham conhecimento da alteração e procuraram a sessão de votação errada. “O cidadão não tem costume de verificar local de votação e isso aconteceu em três sessões, no Emídio Campos, na Anhanguera e no Plínio”.

Sobre denúncias de boca de urna e a disponibilização do transporte para eleitores, o CMDCA destaca que 12 casos já chegaram ao conhecimento da Comissão, que deve encaminhar os fatos para o Ministério Público e providências serão tomadas.   

Os resultados

Dentre os 97 candidatos, havia 19 sob júdice que puderam concorrer após decisão judicial. Portanto, o resultado divulgado refere-se apenas à quantidade de votos que cada candidato recebeu. Não podendo ser considerado como resultado definitivo tendo em vista que vários dos candidatos encontram-se aguardando decisão final judicial e podem não assumir, mesmo tendo pontuado e ficado entre os 25 primeiros lugares.

Segue a lista dos candidatos e seus respectivos votos: