TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
Gov - PPA 23 a 27/07

Quase um ano depois, UPA Veterinária ainda é sonho para tutores de animais em Campo Grande

UPA VET tem recursos próprios, espaço, mas morosidade barra projeto inovador

14 ABR 2019
Rodson Willyams
07h00min
Foto: Wesley Ortiz

O primeiro passo para a criação da Unidade de Pronto Atendimento Veterinário (UPA VET) em Campo Grande foi dado. As secretarias de Saúde e de Infraestrutura e Serviços Públicos já providenciaram a viabilidade do espaço, que será instalado no prédio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). Ainda assim, o projeto de arrasta há quase um ano.

A informação é do vereador Francisco Gonçalves Carvalho (PSB), idealizador do projeto. "Houve uma sinalização positiva do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad. No mesmo dia em que me reuni com ele, à tarde estive com os secretários de Saúde e da Sisep, que iriam deslocar uma equipe para fazer o levantamento sobre o prédio onde será instalada a UPA Vet", comentou.

Segundo ele, a demora ocorre porque o espaço está ocupado pela Vigilância Sanitária. "O secretário Marcelo [que ainda estava no comando] disse que estava providenciando a retirada do pessoal para dar início a intervenção no prédio. Além disso, estava sendo elaborado uma nova estrutura do organograma do CCZ onde se encaixariam o setor específico do Bem-Estar Animal, que abraçaria a UPA Vet. Mas a parte técnica e administrava já estão prontos".

Ele reitera: "estou acompanhando e continuo cobrando celeridade nesse processo. Queremos essa UPA logo em Campo Grande".


Vereador Francisco Veterinário. Foto: André de Abreu.

UPA VET

Segundo informe da prefeitura de 28 de março de 2018, o município realizou a reforma do centro cirúrgico do CCZ e havia iniciado a construção da UPA-VET, que já tinha recurso garantido. Assim que ficar pronta, ela funcionará de segunda a domingo, das 7 às 23 horas, para atendimento de cães e gatos de toda a população campo-grandense.

As consultas ocorrerão por ordem de chegada, com distribuição de senhas, ou por avaliação de risco, prestando os primeiros atendimentos clínicos emergenciais. A UPA-VET contará com a parceria de universidades, que ajudarão, por exemplo, na realização de exames complementares necessários para um atendimento de excelência dos animais de estimação.

Os estabelecimentos veterinários também poderão se cadastrar voluntariamente, oferecendo desconto aos tutores para prestar a continuidade do tratamento do animal, caso haja necessidade, ou na compra de medicamentos.

A previsão de atendimento tem como base a demanda do Hospital Veterinário da Universidade Federal, com expectativa de que 100 tutores passem pela UPA-VET por dia com seus animais, com tratamento que varia de pequena consulta a mobilização de fratura ou sedação para redução de ferimentos. 

Conselho Municipal do Bem-Estar Animal

A prefeitura também iniciou, há mais de um ano, a implantação do Conselho Municipal do Bem-Estar Animal, com a criação do regimento interno, eleição dos conselheiros e mesa diretora, que garantirá a efetivação do Fundo de Bem-Estar Animal, abrindo a possibilidade de busca de recursos externos para a causa animal.

A criação do conselho garante a participação social na tomada de decisões, ampliando a possibilidade de garantir uma vida melhor aos animais, que para muitos são como se fossem da família. O projeto da UPA-VET contará com emendas do deputado federal Fábio Trad, deputado estadual Márcio Fernandes e vereadores Eduardo Romero e Veterinário Francisco.

Veja também