Menu
domingo, 25 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Cidade Morena

Árvore de 30 metros em risco de queda preocupa moradores da Mata do Jacinto

Galhos já cederam, atingindo fiação elétrica; Problema já dura mais de um ano

26 fevereiro 2019 - 17h34Por Amanda Amaral

Moradora da Avenida Mariano Cebalho, número 80, na Mata do Jacinto, espera há um ano para dormir em paz, sem medo de que árvore em frente à sua casa possa cair. Com mais de vinte metros de altura, alguns de seus galhos já chegaram a ceder, atingindo residências e a rede elétrica.

“Essa árvore preocupa a gente faz muito tempo. Já reclamei na prefeitura, recentemente consultei o protocolo e me dei conta que já fez um ano, mas nenhuma equipe chegou a vir avaliar”, relata a aposentada Gilda Lima Godoy, 60 anos.

A mulher registrou a mais recente queda de um dos galhos, ocorrida após ventania na segunda-feira (25). “Meu medo é se cair um galho maior ou até a árvore toda, atinge a minha casa e mais umas três. Todos sabem do perigo e temem”, diz.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Campo Grande para saber sobre se a equipe responsável chegou a realizar vistoria local ou se há previsão de retirada da árvore, mas não obteve resposta até a publicação da matéria.

Repórter Top

Você também pode enviar flagrantes, acidentes, denúncias, fotos, informações que podem virar notícia no nosso site, mandando via WhatsApp pelo número (67) 99826-0686.

Leia Também

Trabalhador cai de altura de 5 metros e morre na Santa Casa
Cidade Morena
Trabalhador cai de altura de 5 metros e morre na Santa Casa
Após motoboy ser encontrado morto, familiares pedem esclarecimentos sobre acidente
In Memoriam
Após motoboy ser encontrado morto, familiares pedem esclarecimentos sobre acidente
Mãe e filha de 11 anos são mortas na fronteira em atentado a tiros
Polícia
Mãe e filha de 11 anos são mortas na fronteira em atentado a tiros
Em Dourados, prefeito Alan Guedes desativa leitos de UTI após suspeitas em dispensa de licitação
Cidades
Em Dourados, prefeito Alan Guedes desativa leitos de UTI após suspeitas em dispensa de licitação