Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Repórter Top

DESCASO PURO: mau cheiro e dengue transformam simples boca de lobo em inferno astral

Prefeitura informou que a reclamação será encaminhada ao setor responsável

19 abril 2019 - 07h00Por Nathalia Pelzl

Moradores do Residencial Estrela Park, em Campo Grande, estão preocupados com os riscos que uma boca de lobo entupida, na Rua Adofino de Almeida, oferece à saúde.

Segundo eles, a preocupação é principalmente com a proliferação do mosquito da dengue, já que o município vive um surto da doença.

“Não foi realizada a manutenção de boca de lobo na rua, pois esta com acúmulo de água de chuva e a coloração já esta mudando. Estamos preocupados, pois tem criança de 5 anos morando na residencial aonde a boca de lobo está entupida, podendo, com esse acúmulo de água, ter mosquito da dengue. Peço urgência também, pois uma das moradoras trabalha manipulando remédios para quimioterapia, não podendo pegar dengue”, ressaltam os denunciantes.

Conforme os moradores, toda vez é a mesma resposta da prefeitura. O acúmulo de água estaria gerando mau cheiro no local.

“Já faz 2 meses que ligo na prefeitura e eles dão a mesma resposta, que a equipe está na rua. Inclusive, ninguém consegue nem ficar dentro de casa ou até mesmo fora. Estamos preocupados com o acúmulo de água por causa de bichos e por causa da dengue. E também o mau cheiro que é forte”.

Em nota, a prefeitura informou que a reclamação será encaminhada ao setor responsável para providencias.

 Repórter Top

Você também pode enviar flagrantes, acidentes, denúncias, fotos, informações que podem virar notícia no nosso site, mandando via WhatsApp pelo número (67) 99826-0686.

Leia Também

Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Polícia
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar
Entrevistas
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar