Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Cidade Morena

Casos de dengue crescem e cuidados devem ser redobrados para evitar doença

O município já decretou situação de emergência por conta do avanço da doença

13 março 2019 - 15h30Por PMCG

Os números de casos de dengue tiveram aumento significativo nos dois últimos meses em Campo Grande, o que reacende o alerta para a necessidade de redobrar os cuidados a fim de evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. O município já decretou situação de emergência por conta do avanço da doença.

Conforme boletim divulgado pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), de janeiro até o dia 12 de março, foram notificados 10.607 casos de dengue, sendo 2.805 confirmados e um óbito. Neste mesmo período, foram notificados 175 casos de zika e 96 de chikungunya.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, o aumento nos casos de dengue já era esperado por conta da sazonalidade da doença, que indica um aumento a cada três anos. Por conta disso, conforme explica o secretário, as ações da secretaria começaram a ser intensificadas ainda no ano passado, com o objetivo de evitar índices ainda maiores.

“Começamos a intensificar as ações em novembro do ano passado, prevendo que este ano poderíamos sofrer uma epidemia da doença, o que acabou se concretizando. Todo esse trabalho foi importante para que estes números não fossem ainda maiores”, comenta.

Em 2016, quando foi registrada a última epidemia da doença em Campo Grande, foram registrados  28.469 casos de dengue e quatro óbitos.

O secretário reforça que é preciso o envolvimento de toda a sociedade neste  trabalho, para evitar que a doença avance ainda mais.

“A população precisa colaborar evitando deixar lixo que acumule água no quintal, fazer ao menos uma vez por dia uma vistoria rápida em todo o terreno. Essas são apenas algumas atitudes preventivas que ajudam a evitar que estes números aumentem ainda mais e mais pessoas fiquem doentes”, disse.

Pontos críticos

Os bairros Jardim Noroeste, Centro-Oeste, Chácara dos Poderes, Nova Campo Grande, Los Angeles, Moreninhas, Veraneio e Maria Aparecida Pedrossian, respectivamente, apresentam a maior incidência de casos notificados de dengue.

Leia Também

Fisioterapeuta morre de covid-19 em Corumbá
CORONAVÍRUS
Fisioterapeuta morre de covid-19 em Corumbá
China diz que OMS aprovou uso emergencial de vacina
CORONAVÍRUS
China diz que OMS aprovou uso emergencial de vacina
Após 1h30 de cirurgia, Bolsonaro está estável, aponta boletim médico
Política
Após 1h30 de cirurgia, Bolsonaro está estável, aponta boletim médico
Mulher encontra cobra em saco de laranja comprado em rede atacadista
Geral
Mulher encontra cobra em saco de laranja comprado em rede atacadista