Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Cidade Morena

Mãe de bebê com vírus influenza denuncia comida e quarto precários em hospital

Criança, de um mês e 27 dias, estaria no isolamento em acomodação sem ventilação

30 maio 2019 - 19h30Por Thiago de Souza

Aos prantos, Débora Joelson, mãe de uma bebê internada na Santa Casa de Campo Grande com o vírus influenza, reclama do que considera ''péssimas instalações'' do hospital. Ela fala em comida ruim e sem ventilação para a pequena de um mês e 27 dias.

Conforme Joelson, que é funcionária da Santa Casa, o fato dela ser do setor de limpeza seria o motivo do tratamento desumano.

A mulher contou que passou sete dias com a criança no Pronto Socorro.

''Inclusive ela não ficou isolada. Ficou em meio a um monte de crianças'', revelou Débora. Nesta quarta-feira (29), ela conta que foi transferida para o isolamento do hospital e que não aguenta mais a precariedade. Na versão dela, os funcionários do hospital teriam direito a meio apartamento em suas internações, mas o pior seria dado aos da limpeza.

''A televisão é queimada. O ventilador é queimado e querem que a gente fique trancada porque o vírus é transmissível'', desabafa a mãe da criança.

''Minha filha 'tá' cheia de brotoeja por causa do calor'', acrescenta Débora.

Polenta seria de má qualidade e inadequado para lactantes. (Foto: Repórter Top)

Sobre a comida, a denunciante diz ser apenas polenta e que ''para a gente que amamenta, isso aí não sustenta''.

Sobre o tratamento recebido, a funcionária diz que os médicos são excelentes e o problema se resume às condições do quarto.  

Resposta

Entramos em contato com a assessoria do hospital, que relatou ter encontrado alguns problemas dentro do quarto em questão e no mesmo dia transferido a paciente para outro local. A assessoria negou, de forma veemente, qualquer tipo de discriminação em razão da funcionária ser do setor de limpeza.

 

 

Leia Também

Chapadão do Sul recebe 'baita de uma chuva' e população comemora
Interior
Chapadão do Sul recebe 'baita de uma chuva' e população comemora
Adolescente de 17 anos mata marido a facadas dentro de casa em Corumbá
Interior
Adolescente de 17 anos mata marido a facadas dentro de casa em Corumbá
Juiz corregedor no RN bate o martelo: Jamil Name volta para Campo Grande em outubro
Cidade Morena
Juiz corregedor no RN bate o martelo: Jamil Name volta para Campo Grande em outubro
Ex-marido surta após festa em família, faz ameaças de morte e derruba mulher no soco
Interior
Ex-marido surta após festa em família, faz ameaças de morte e derruba mulher no soco