Menu
quinta, 05 de agosto de 2021
Cidade Morena

Sem nem botijão de gás, mãe implora pelo básico para filhos em Campo Grande

Solteira e mãe de três filhos, jovem recorre às doações para tentar sobreviver em um curto espaço cedido pelo pai

18 junho 2021 - 07h00Por Vinicius Costa

Juliana Oliveira da Silva, de 21 anos e mãe de três filhos pequenos tenta reconstruir sua vida em um quartinho pequeno foi doado pelo próprio pai no Jardim Aeroporto, em Campo Grande. Há um mês morando em um curto espaço, ela tenta dar um conforto e uma vida digna as crianças com a contribuição da população.

Apenas com uma cama, uma mesa, um armário para as vestimentas e poucos alimentos, a moça não consegue encontrar meios de saída para almejar novos rumos e enfrenta dificuldades que foram aumentados com a pandemia da covid-19. A mãe colabora no pagamento da conta de água, mas a ajuda fica nisso.

Ela explicou que a única coisa que conseguiu até o momento foi colocar uma porta no quartinho para ter um pouco de privacidade em meio aos desafios propostos pela vida.

Sozinha e com pouca ajuda dos entes mais próximos e até de amigos, ela carece de ajuda e pede pelo menos a contribuição de um fogão, um botijão e uma geladeira, acompanhado de leites para crianças, fraldas e alimentos que também estão escassos na vida de Juliana.

Com extrema dificuldade para adquirir móveis, ela reforçou o pedido para um televisão e um conversor para ter um entretenimento para as crianças, onde a mais velha tem 6 anos, além do menino de 2 anos e uma bebê de 5 meses.

"Nenhum dos pais me ajuda", resumiu Juliana aos sons de choro das crianças ao fundo. Para tentar diminuir o calor e o abafado do espaço curtíssimo em que vive, a jovem também pede a doação de um ventilador.

Para quem quiser colaborar com as doações, pode entrar em contato com Juliana Oliveira através do telefone (67) 99329-4001.

Leia Também

Campo-grandense ganha R$ 4 milhões na Lotomania
Cidade Morena
Campo-grandense ganha R$ 4 milhões na Lotomania
Homem faz vídeochamada e mostra pênis para vendedora em Campo Grande
Polícia
Homem faz vídeochamada e mostra pênis para vendedora em Campo Grande
E agora Barroso? Documento diz que TSE identificou invasão de urnas em 2018
Geral
E agora Barroso? Documento diz que TSE identificou invasão de urnas em 2018
Alguém viu a Elisiane? Mulher de 39 anos não é vista desde domingo
Interior
Alguém viu a Elisiane? Mulher de 39 anos não é vista desde domingo