Menu
quinta, 03 de dezembro de 2020
Cidade Morena

Tarifa de embarque em Campo Grande é até 69% mais cara que outras cidades

Valor na capital de MS é de R$ 6,31 para viagens interestaduais e internacionais

18 maio 2019 - 09h30Por Thiago de Souza

Diferença de até R$ 4,00 no preço da tarifa de embarque cobrada na Rodoviária de Campo Grande, em relação a outras cidades, fez leitor questionar o motivo dos valores. Ele destaca que grandes capitais do país têm preço menor, em terminais também administrados por empresas privadas. 

Atualmente, quando o passageiro compra uma passagem no Terminal Rodoviário Senador Mendes Canale, administrado pela Socicam, na Capital, paga R$ 6,31, isso para viagens interestaduais e internacionais. 

''Fui para Cacoal, Rondônia. Lá eu paguei dois reais de tarifa de embarque. E a distância é a mesma'', reclama o contribuinte. 

Tíquete mostra tarifa de embarque 4 reais mais barato. (Foto: Repórter Top)

Conforme legislação vigente, a tarifa de embarque foi criada para custear despesas com banheiros e segurança nos terminais rodoviários. 

''Os banheiros e segurança estão em boas condições lá em Cacoal, só não sei dizer quem administra'', acrescenta o leitor. 

Outro questionamento vindo do passageiro é o fato dele ter feito o trajeto Campo Grande-Goiânia e Goiânia-Campo Grande, com tarifas bem menores no estado vizinho, sendo R$ 6,31 em Campo Grande e R$ 3,74 na capital goiana.

Neste caso, a passagem comprada na capital de MS custou R$ 193,10. Já a volta custou menos, R$ 178,17. 
A reclamação do leitor vai além do preço da tarifa. 

‘’Não dá pra entender porque tudo eles querem repassar para o cliente. Os preços da lanchonete lá dentro são tudo caros... Atravessa a rua é muito mais em conta...’’, desabafou o passageiro. 

A Socicam, grupo que administra pelo menos dez rodoviárias no país, disse que a composição do preço da tarifa é de responsabilidade da Agência de Regulação de Serviços Delegados de Campo Grande, a Agereg. 

A Agereg informou que as tarifas foram compostas com base em um projeto de viabilidade econômico-financeira do terminal rodoviário, de modo a custear serviços da administração, operação e manutenção da estrutura. 

Leia Também

Omertà: Pantanal Cap aposta em decisão favorável da Justiça antes de devolver dinheiro de cartelas
Cidade Morena
Omertà: Pantanal Cap aposta em decisão favorável da Justiça antes de devolver dinheiro de cartelas
Motorista de app adota cadela ao saber que ela seria sacrificada no RJ
Geral
Motorista de app adota cadela ao saber que ela seria sacrificada no RJ
Preso por ataque a banco em Criciúma já tentou soltar Marcola da cadeia
Geral
Preso por ataque a banco em Criciúma já tentou soltar Marcola da cadeia
Mais rigor: MPE quer lei seca e toque de recolher mais amplo em Campo Grande
Cidade Morena
Mais rigor: MPE quer lei seca e toque de recolher mais amplo em Campo Grande