Menu
terça, 15 de junho de 2021
Cidades

Água no chope? Deputado diz que 3 milhões de vacinas estão 'sem confirmação' em Ministério

MS pediu toda a carga da Janssen para fazer aplicação em massa, em 5 dias

09 junho 2021 - 19h49Por Thiago de Souza

O deputado federal Luiz Ovando, do PSL, consultou o Ministério da Saúde, nesta quarta-feira (10), e disse não haver qualquer confirmação que 3 milhões de doses da Janssen vêm para Mato Grosso do Sul. 

O parlamentar bolsonarista gravou um áudio para esclarecer a situação. Isso, porque houve entusiasmo nas redes sociais com a possível chegada de uma carga gigantesca de imunizantes, suficientes para vacinar toda a população de MS, com apenas uma dose. No Twitter, o assunto foi um dos mais comentados no Brasil. 

‘’É importante não gerar expectativas inconvenientes e até irresponsáveis em torno da vacina. Consultei a assessoria especial do Ministro da Saúde e não há nada em termos de doação ou encaminhamento das doses’’, ponderou o deputado. 

Torcida

A consulta de Ovando ao Ministério se deu após o Conselho de Secretários Estaduais de Saúde de MS encaminhar ofício ao órgão federal, pedindo que todas as 3 milhões de doses da Janssen (doadas pelos Estados Unidos) venham para MS. 

O pedido se deu em razão que esses imunizantes estão prestes a vencer, por isso precisam ser aplicados rapidamente. Foram destacados o fato que MS passa por um severo aumento no número de casos e mortes pela covid, além disso é um dos estados que mais rapidamente distribuem as doses a todos os municípios, sendo em 12 horas. 

Um dos argumentos do Conselho é que MS poderia servir de experimento para o Ministério da Saúde em uma vacinação em massa, algo parecido com o que fez a cidade de Serrana, em SP. Neste caso, o processo seria muito mais rápido e eficaz que na cidade paulista, já que a vacina da Janssen necessita de uma dose apenas, podendo imunizar a população em cinco dias.