Menu
sábado, 23 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Cidades

Após polêmica envolvendo falso estupro, maioria diz que se sente seguro em carro de aplicativo

Adolescente alegou ter sido estuprada, mas voltou atrás após ser confrontada na delegacia

02 agosto 2021 - 15h00Por Nathalia Pelzl

Na última semana, a polêmica envolvendo um suposto estupro de uma adolescente de 15 anos em um carro de aplicativo repercutiu em Campo Grande. 

Na data dos fatos, dia 23 de julho, a adolescente alegou que havia sido estuprada durante uma corrida compartilhada. 

A mãe da menina é quem procurou a DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) para denunciar o motorista e o passageiro.

Na versão inicial, a menina teria pedido uma corrida compartilhada e indicado um caminho, no entanto, o motorista aplicou uma rota totalmente diferente.

Com o endereço bem distante do pedido, o motorista que estava acompanhado de um passageiro, passou a entrar em uma rua mais vaga e deserta. 

Segundo a versão da adolescente, o passageiro teria praticado o estupro, enquanto o motorista orientava para que ele não a machucasse a menina, evitando deixar marcas na adolescente.

No entanto, após investigação e depoimento detalhado, a menina voltou atrás e contou que tinha mentido. 

Para saber a opinião dos leitores sobre a segurança na mobilidade urbana, o TopMídiaNews lançou a seguinte enquete: você ainda se sente seguro de andar em carros de aplicativo?

E sim, a maioria, 54,08% destaca que tem segurança ao pedir um carro por aplicativo. Já 45,92% pontuou que não. 

A adolescente pode ir para em uma UNEI pela falsa acusação.

 

Leia Também

Acusado de sequestrar criança de 9 anos é preso em Dourados
Interior
Acusado de sequestrar criança de 9 anos é preso em Dourados
Dona cobra aluguel atrasado e casa pega fogo no Guanandi
Polícia
Dona cobra aluguel atrasado e casa pega fogo no Guanandi
Sanesul abre concurso e oferece 74 vagas em Mato Grosso do Sul
Cidades
Sanesul abre concurso e oferece 74 vagas em Mato Grosso do Sul
Ex-diretor do Sindicato dos Empregados morre em Campo Grande
In Memoriam
Ex-diretor do Sindicato dos Empregados morre em Campo Grande