TCE MAIO
(67) 99826-0686

Ato em apoio aos direitos indígenas reúne movimentos sociais da Capital

Mobilização

7 DEZ 2013
Ana Rita Chagas
18h13min
Foto: Ana Rita Chagas

Movimentos sociais e lideranças indígenas realizaram uma manifestação pacífica na tarde deste sábado (7) para demonstrar a insatisfação com os encaminhamentos adotados pelo poder público de Mato Grosso do Sul para solucionar a questão da demarcação de terras no Estado.

O ato aconteceu no Teatro de Arena do Horto Florestal com participação de diversos segmentos da sociedade civil organizada. De acordo com representantes do Coletivo Terra Vermelha, ação tem o propósito de divulgar a causa indígena e garantir os direitos constitucionais.Para o acadêmico de geografia, André Luis Da Silva, 21, que integra a Associação Verde Vivo, o momento é de união de forças de todos os movimentos."Isso significa valorizar, partilhar da luta em prol dos direitos indígenas pela demarcação de suas terras, previstas na Constituição de 1988", disse o estudante.

Posicionamento

O líder da APIB ( Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), Lindomar Terena, os conflitos terão fim depois que o governo de MS sinalizar um posicionamento concreto para solucionar o problema. " Estou aqui enquanto ser humano,e vejo que a cada dia o estado de MS tem demonstrado que não existe mais lei. A solução para tudo isso é a demarcação de terras. Depois dessa manifestação nós vamos até Brasília para levar essa questão para o Fórum Mundial dos Direitos Humanos", ressalta.

Segundo Lindomar, ação confronta o movimento designado "Leilão da Resistência" que foi organizado  por produtores rurais de MS para levantar recursos que garantirão ao grupo, a manutenção de ações no período que antecede a definição da demarcação de terras invadidas no Estado. " Esse é um momento que os movimentos precisam demonstrar a sua luta e persistência. Nós só queremos que se cumpra a lei", acrescentou.

O movimento em apoio aos direitos dos povos indígenas de Mato Grosso do Sul também arrecadou alimentos e roupas para serem encaminhados aos índios que estão passando por dificuldades no sul do Estado. O evento foi marcado por apresentações musicais, dança, teatro, vídeos e exposição de obras  de arte doadas por artistas sul-mato-grossenses. 

Foto: Ana Rita Chagas
Foto: Ana Rita Chagas
Foto: Ana Rita Chagas

Veja também