Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
GOV FEMINICIDIO
Cidades

'Serviço' de flanelinhas é irregular e motorista que se sentir constrangido deve acionar a polícia

Muitos chegam a cobrar até R$ 10 pela 'olhadinha' no veículo

15 maio 2019 - 17h00Por Nathalia Pelzl

Nos últimos anos, o aumento dos flanelinhas tem sido nítido no centro de Campo Grande e desagrada muitos motoristas, principalmente pela cobrança abusiva feita pelos ‘profissionais’ que agem livremente nas ruas.

Em nota, a prefeitura de Campo Grande informou que a prática não é regulamentada e, por isso, ilegal. Já sobre a fiscalização, não cabe a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), sendo que se o cidadão se sentir constrangido ou pressionado por conta desta atividade irregular deve acionar a polícia. 

Em relato, a população alega que muitos chegam a cobrar até R$ 10. O problema é presente em diversos pontos da cidade e a população sente  medo de ter o veículo danificado ao negar 'ajuda' para esses profissionais.

“É muito desconfortável. Nos sentimos sabe, tipo: 'se ficar o bicho pega, se correr o bicho come!' , revela uma moradora de Campo Grande.

Leia Também

‘A senhora levou um pedaço de mim hoje’, diz filho de vítima de coronavírus
Cidade Morena
‘A senhora levou um pedaço de mim hoje’, diz filho de vítima de coronavírus
Rapaz é preso com arma e munições escondido em matagal
Polícia
Rapaz é preso com arma e munições escondido em matagal
Na madrugada, 150 pessoas são abordadas pela Guarda Civil
Polícia
Na madrugada, 150 pessoas são abordadas pela Guarda Civil
Filho de vereadora passa mal e morre durante partida de futebol
Interior
Filho de vereadora passa mal e morre durante partida de futebol