Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Covid 18/01 a 24/01
Cidades

Estudante é autuada por maus-tratos ao deixar cachorro sem água, sem alimentação e doente

No ambiente havia muito resíduo doméstico, fezes e o animal ficava exposto ao sol e chuva

04 dezembro 2020 - 15h40Por Nathalia Pelzl

Uma estudante de 26 anos foi autuado por maus-tratos após Policiais Militares Ambientais de Campo Grande receberam denúncia, nesta sexta-feira (4). Ela morava em uma quitinete nos fundos de uma residência no bairro São Conrado e estava deixando um cachorro sem raça definida em situação de maus-tratos.

Conforme a nota, a PMA foi ao local e constatou que o animal se encontrava sem alimentação e água, apresentando visíveis sinais de desnutrição, sarna e doente, inclusive, com paralisação parcial das patas traseiras e sinais que indicavam leishmaniose. 

Além disso, no ambiente havia muito resíduo doméstico, fezes e o animal ficava exposto por não haver lugar disponível para ele se abrigar.

Os Policiais viabilizaram água e alimento para o cachorro, tendo em vista que a proprietária do animal não estava no local. 

Uma equipe veterinária do Centro de Controle de Zoonoses foi acionada para fazer o recolhimento do cão. A equipe fez contato via telefone com a infratora, que se recusou a ir ao local.

Diante dos fatos, ela foi autuada administrativamente e multada em R$ 1.000,00 por maus-tratos. Ela também responderá por crime ambiental.