Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Descaso

Mãe procura hospital com sangramento, passa horas com fome e dor para ser atendida e perde bebê

A paciente afirma que fez exame, mas a médica disse que não tinha infecção e mandou a mãe voltar para casa

31 agosto 2018 - 17h00Por Dany Nascimento

Após buscar atendimento médico no Hospital Regional, passar por exames e descobrir, no outro dia, que perdeu o bebê, Carla Bertano fez um alerta nas redes sociais para evitar que outras mães passem pelo mesmo pesadelo. Gestante de seis semanas, ela procurou ajuda médica no Hospital Regional Rosa Pedrossian, na Capital.

Ela conta que chegou no local por volta das 15 horas da última terça-feira (28), com pressão baixa e sangramento. “Em todo momento eu disse que estava gestante. Passei pelo atendimento e simplesmente me fizeram só um exame de urina e me deixaram das sentada, sangrando e sem comer nada, das 15 horas até às 1 hora da madrugada”.

De acordo com a publicação de Carla, a médica do outro plantão realizou o atendimento, mas disse para a jovem que o exame de urina não deu alteração e mandou a mulher voltar para casa. “A médica disse que, se eu quisesse, no outro dia, eu poderia voltar para fazer uma ultrassonografia paga para ver o bebê. Eu fiz, mais já era tarde. O descaso deles comigo fez com que meu bebê de 6 semanas viesse a óbito”.

A paciente relata que viveu horas de falta de amor ao próximo no local e reclama da equipe médica. “Ali tem péssimos médicos, são ignorantes e só sabem fazer descaso com os pacientes. Talvez se eu tivesse tido a assistência que precisava naquele momento, eles poderiam ter feito algo para salvar o bebê”.

Governo do Estado

O TopMídiaNews entrou em contato com o governo do Estado, responsável pelo hospital na Capital, mas até o fechamento desta matéria, nenhuma resposta foi encaminhada.