TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Cidades

Maioria reprova trabalho da Energisa durante apagões em Mato Grosso do Sul

Concessionária alega que reforçou equipes para atender a nova demanda no Estado

25 outubro 2021 - 15h47Por Diana Christie

Maioria dos leitores reprova o trabalho da Energisa na recuperação dos estragos provocados pelos temporais em Mato Grosso do Sul. De 158 votos, 76,58% consideram o serviço ruim, 2,66% regular e 10,76% bom.

O conserto dos apagões, ocasionados pelo lançamento de objetos na rede elétrica, demorou de horas a até cinco dias em várias regiões de Campo Grande. Em nota, a concessionária alega que reforçou o contingente de equipes em ação com trabalhadores de outros estados.

Foram recebidos técnicos de Mato Grosso, Minas Gerais, Sergipe, Acre, Rondônia e São Paulo, o que equivale a seis vezes o número de profissionais em períodos normais.

Ao menos 51 cidades registraram problemas. A tempestade provocou o rompimento de cabos e quedas de postes, e danificou transformadores e alimentadores.

Prefeito diz que serviço foi adequado

Para o prefeito Marquinhos Trad (PSD), a Energisa conseguiu dar uma resposta adequada aos problemas decorrentes da chuva intensa, na Capital. Ele destaca que nem a empresa, nem o município tiveram culpa nos acontecimentos.

“Aqueles que exercem atividade aérea, como é a Energisa, foram atingidos. Não por culpa da Energisa. Os fios estariam intactos se as árvores não caíssem em cima deles, se os outdoors não fossem aparados pelos fios. O trabalho da Energisa, a meu ver, de reestabelecimento de energia, em quatro dias, foi muito responsável”, declarou.