TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
quinta, 22 de abril de 2021
MS MAIS SOCIAL 21 E 22/04
Cidades

“Não sei explicar como estou”: mãe chora perda da filha e lamenta negligência; assista

Família está indignada e pede justiça para que situação não aconteça com mais ninguém

17 fevereiro 2021 - 15h00Por Nathalia Pelzl

Ao TopMídiaNews, a moradora de Bataguassu, Joice Santos Amorim, 24 anos, que estava grávida de 32 semanas e, infelizmente, por complicações na gestação, perdeu a bebê, deu detalhes de como se sente. 

Em vídeo gravado no quarto, que seria dividido com a filha que veio a óbito no dia 11 de janeiro, Joice não conteve as lágrimas. Clique aqui para mais detalhes da história. 

“Não tem um dia que eu não penso, que eu não choro por causa da minha filha... Foi uma criança esperada, já tinha as coisinhas dela, meu psicológico está muito abalado, além de estar me recuperando da cesárea, tenho mais 3 filhas e a Verônica que veio a óbito”, comenta. 

“Queria pedir ajuda, tem muita mentira correndo sobre o nosso caso, isso está mexendo muito. Eles fizeram uma sabatina, tinha 11 vereadores reunidos e o secretário de saúde e só foram faladas coisas que não eram verdades, quero que eles se retratem”, revela Joice, que contou que tem todas as provas e que vai buscar por justiça. 

“Eu não sei explicar como estou, eu estou vendo que teve erros dos médicos, do município... Se não fizer justiça hoje, amanhã eles vão fazer com outro”, desabafou.

A dor também se estende pelo fato de, no dia do parto, a equipe médica não ter deixado ela ver a filha, mesmo morta. “Eles não foram amigáveis comigo”, finaliza.

Joice reforça que gostaria que o prefeito do município, junto com outras autoridades, tivessem conhecimento dos fatos. 

"Eu quero deixar um recado ao prefeito, ele não sabe do meu caso, acabou de entrar, mas gostaria que ele me procurasse para ver as provas que tenho... Se eu tivesse ali na sabatina, eu ia até ser presa, mas ia desmascarar todos que estavam ali".

O caso foi registrado e a Polícia Civil Investiga. O espaço está aberto para posicionamento da prefeitura do município.