Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
ALMS
Cultura

Trio pioneiro no sertanejo universitário celebra mais de duas décadas ao lado de amigos

"Os Filhos de Campo Grande" se juntará com amigos sertanejos para um show nostálgico de aniversário dia 19 de junho, na casa de shows Bartholomeu

12 junho 2019 - 10h43Por Da redação/Assessoria

O trio de sertanejos “Os Filhos de Campo Grande” comemora 22 anos de estrada este ano. São mais de duas décadas de história, música, animação, composições, resistência, dificuldades e conquistas. Manter-se no segmento musical depois de tantos anos e diante de inúmeras mudanças merece uma festa e, por isto, o trio se juntará com amigos sertanejos para um show nostálgico de aniversário dia 19 de junho, na casa de shows Bartholomeu, aqui na Capital.

A festa terá a participação de Patrícia e Adriana, Max Moura e Cristiano e João Lucas e Walter Filho, a partir das 22h30. “Me lembro das dificuldades que tivemos para gravar nosso primeiro CD. Foi um desafio, pegamos patrocínio, financiamos carro, mas deu tudo certo. Hoje sei que temos sucesso, nos consolidamos no mercado, tivemos conquistas e reconhecimentos por levar a música sul-mato-grossense para os quatro cantos do Brasil”, comenta Jorjão, um dos integrantes do grupo.

Os Filhos de Campo Grande, inclusive, pode ser considerado como o trio pioneiro no sertanejo universitário, caminhando ao lado apenas de duplas que como João Bosco e Vinícius, Maria Cecília e Rodolfo, Munhoz e Mariano e outros. Formado em 1997 pelos então universitários Hemerson (medicina veterinária), Jorjão (medicina veterinária) e Rafael (jornalismo), o grupo ganhou musculatura nas rodas de tereré e festas acadêmicas, bem como nas famosas violadas.

“Eles foram os pioneiros, com o início das violadas, e por isso somam muito para a cultura sul-mato-grossense. Sem contar que sempre buscam se adequar e conquistam o público”, comenta o diretor geral da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul Max Freitas. “Você acabou com minha razão, você machucou o meu coração, você destruiu o que mais importava, a nossa paixão”,trechos de um dos sucessos mais antigos do trio “Falando de amor” ainda estão vivos na memória de muitos campo-grandenses. E revivê-los no show do dia 19 será emocionante, principalmente pelo repertório que incluirá mais canções marcantes como “Saudade de mim” e novos sucessos como a música de trabalho “Fala com meu copo”.

“Quando eu e o Marco Viola chegamos aqui em Campo Grande para gravar nosso primeiro CD Os Filhos de Campo Grande já faziam sucesso. Eles cantavam modas da época e nós ainda estávamos começando. Nos tornamos muito amigos e assim somos até hoje”, relembra o sertanejo Brenno Reis, da dupla com Marco Viola. Hoje com canções disponíveis nas principais plataformas digitais e canal no YouTube, Os Filhos de Campo Grande também está nas redes sociais com vídeos e músicas que mais marcaram a carreira do grupo.

Leia Também

COVID-19: Brasil tem mais 37 mil casos e registra 1.091 novas mortes
Saúde
COVID-19: Brasil tem mais 37 mil casos e registra 1.091 novas mortes
Prefeitura confirma 3ª morte por Covid em Paranaíba
Saúde
Prefeitura confirma 3ª morte por Covid em Paranaíba
Deputado detona ação contra cloroquina: 'querem matar autorizado pelo Supremo'
Política
Deputado detona ação contra cloroquina: 'querem matar autorizado pelo Supremo'
Recapeamento na rua Bahia entra em fase final e termina em uma semana
Cidade Morena
Recapeamento na rua Bahia entra em fase final e termina em uma semana