(67) 99826-0686
IPVA

Anatel mede qualidade de banda larga fixa e móvel em doze Estados

Telefonia

25 OUT 2013
Aline Oliveira
18h27min
Divulgação

Foi divulgado nesta sexta-feira (25), pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) o resultado da medição da qualidade de banda larga fixa e móvel feita em 12 Estados referente ao mês de setembro. Em ambos os casos, as medições foram realizadas em prestadoras com mais de 50 mil clientes.

 

Os melhores resultados foram identificados em São Paulo, Paraná e Distrito Federal. A operadora de internet móvel TIM ficou abaixo da meta da Anatel para velocidade instantânea no Estado paulista, com 94,56% das medições apresentando velocidade mínima contratada. Já no Paraná, a prestadora de telefonia fixa Sercomtel e no Distrito Federal, a Oi ficaram abaixo da média na medição de perda de pacote.

 

A situação em Minas Gerais foi pior, já que nenhuma prestadora de internet fixa (Algar, Net, GVT e Oi) cumpriu todas as metas estabelecidas pela Anatel. Todas ficaram abaixo da meta no quesito perda de pacotes. Além disso, a GVT e a Oi não atingiram os objetivos no item disponibilidade.

 

Avaliação - No quesito velocidade instantânea as empresas deveriam ter ao menos 95% das medições e apresentar  velocidade de no mínimo 20% do que foi contratado. A velocidade média registrada durante o mês deve alcançar 60% da velocidade contratada, conforme regulamento da agência.

 

O projeção de medição da qualidade de banda larga é desenvolvida desde 2012 e pretende reunir informações para a adoção de medidas que permitam a melhoria progressiva da qualidade do serviço.

Veja também