TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
terça, 20 de abril de 2021
Economia

Após reajuste da gasolina, Bolsonaro quer combate de 'preço abusivo'

Petrobras anunciou novo reajuste no diesel, gasolina, além do gás de cozinha, nesta segunda-feira

02 março 2021 - 09h15Por Nathalia Pelzl

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o sucessor de Castello Branco, Joaquim Silva e Luna deve buscar  meios para evitar o aumento dos combustíveis.

Ainda ontem, a Petrobras anunciou novo reajuste no diesel e a gasolina, além do gás de cozinha. 

“Gostaram do novo aumento da gasolina amanhã? Ele (Castello Branco) só sai depois do dia 20, não quer dizer que o outro (Silva e Luna) vai interferir para evitar o pessoal do mercado falar um montão de besteira, ou melhor, o pessoal especular no mercado”, declarou Bolsonaro na entrada do Palácio da Alvorada.

“Mas a gente tem como atacar outras áreas, fraude, batismo, preço abusivo para diminuir o preço. Porque nos dois anos que ele (Castello Branco) esteve lá, nada disso foi levado em conta. (É preciso) buscar maneiras de termos mais refinarias no Brasil, sei que demora, mas tem que...". 

Na semana passada, ao falar de Silva e Luna, Bolsonaro afirmou que o seu indicado para a presidência da Petrobras "vai dar uma arrumada" na empresa, porque teria "muita coisa errada". Na ocasião, Bolsonaro não especificou a que se referia. As informações são da Agência O Globo.