tce
Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
GOV - DENGUE
Economia

CORONAVÍRUS: Caixa não cobrará dívidas por 60 dias de cliente pessoa física e empresas

“Nós entendemos que essa é uma crise gravíssima, que terá impacto não só na saúde, mas na economia”, disse o presidente da estatal

19 março 2020 - 10h05Por Nathalia Pelzl

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira (19) a redução da taxa de juros do crédito consignado para 1,99% ao mês, devido à pandemia do Coronavírus.

Além disso, o banco não vai cobrar dívidas de clientes pessoa física pelo prazo de 60 dias.

A redução na taxa de juros ocorreu nas linhas de crédito pessoal. Além do consignado, o penhor foi reduzido para a partir de 1,99% ao mês e o CDC, de 2,17% ao mês.

“Nós entendemos que essa é uma crise gravíssima, que terá impacto não só na saúde, mas na economia”, disse o presidente da estatal, Pedro Guimarães, em coletiva realizada online.

Segundo o Portal Metrópoles, o banco informou que vai suspender ainda, por até 60 dias, as operações parceladas de crédito pessoal. O banco reduziu a taxa de juros nas linhas de crédito pessoal e ampliou as linhas de crédito consignado para aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Leia Também

Prefeito morre de coronavírus no Piauí
Saúde
Prefeito morre de coronavírus no Piauí
Bares e restaurantes podem fechar mais de 1,8 mil postos de trabalho em Dourados
Economia
Bares e restaurantes podem fechar mais de 1,8 mil postos de trabalho em Dourados
Justiça federal proíbe governo de veicular campanha contra isolamento social
Saúde
Justiça federal proíbe governo de veicular campanha contra isolamento social
Marquinhos libera e lojas de materiais de construção reabrem na segunda-feira
Saúde
Marquinhos libera e lojas de materiais de construção reabrem na segunda-feira