Prof Rinaldo
(67) 99826-0686

Com arrecadação de mais de R$ 20 milhões, Refis é prorrogado em Campo Grande

As pessoas terão até o dia 10 de setembro para efetuar o pagamento ou negociar os débitos atrasados

13 AGO 2019
Rayani Santa Cruz
13h53min
Foto: Reprodução PMCG

O Refis (Programa de Pagamento Incentivado- PPI) foi prorrogado pela última vez em Campo Grande. A arrecadação  chegou a R$ 21 milhões, segundo o prefeito Marcos Trad (PSD). 

O projeto de lei para prorrogação foi enviado às pressas pelo Executivo à Câmara na segunda-feira (12) e aprovado com uma emenda nesta terça-feira (13). Agora, o contribuinte tem até o dia 10 de setembro para negociar.

(Prefeito Marquinhos Trad /Foto: André de Abreu)

Ontem, último dia do Refis, a Central de Atendimento ficou lotada e Marquinhos fez um apelo a população. 

"Agora a gente faz esse apelo, não deixem para última hora. Estamos pedindo porque não vai ter nova oportunidade de Refis [devido o próximo ano ser eleitoral]. Se você deixou separada alguma importância, ou conseguir algum valor para parcelamento, não deixe para ir no último dia", diz o prefeito.

Os descontos são de 10% nos juros para as negociações e parcelamentos, e podem chegar a 90% no caso de pagamento à vista. Para o parcelamento em até seis meses, a remissão chega a 75%. Já para quem dividir os débitos em 12 vezes, o desconto será de 30%.

Na Capital, 45% dos contribuintes estão inadimplentes, sendo mais de 195 mil pessoas com algum tipo de atraso. Esta dívida chega num montante de aproximadamente R$ 2,2 bilhões em parcelas em aberto. Isso vai desde débitos ajuizados pela Procuradoria Geral Municipal e também débitos não ajuizados.

Serviço:

A Central do IPTU está localizada na antiga Câmara Municipal, localizada na Rua Arthur Jorge n. 500, Centro. Ela funciona das 8 às 16 horas, sem intervalo para o almoço.

Veja também