Menu
sexta, 30 de outubro de 2020
Especiais

Especial Carnaval: Blocos e cordões desfilam ao som de marchinhas antigas no domingo

Especial Carnaval

03 março 2014 - 15h48Por Fundação Municipal de Cultura

Foi realizado na noite de domingo, dia 2 de março, o desfile de Blocos e Cordões com a participação de 14 grupos formados por profissionais de todas as categorias. No total, cerca de cinco mil pessoas prestigiaram a folia.


Os blocos que desfilaram em frente ao Armazém Cultural de Campo Grande foram: To a Toa, Os Boleiros, Tereré, Bem Te Vi, Beber Cair e Levantar, Amigos do Nuga, Bambas do BH, Ademolar de Umbanda, Lobo Mau, Quero Quero, Império dos Amigos, Macacos da Vila, Vai ou Racha e o Bloco Amor Eu Vou Ali.


Desfilando pelo quarto ano consecutivo, o arquiteto Jony Medeiros desfilou no Bloco Valú e disse que a finalidade é de resgatar o carnaval antigo de forma lúdica. “Este bloco é formado por amigos, a cada ano mais pessoas participam. Este é um momento de cordialidade, honestidade e animação com muitas marchinhas antigas do carnaval”.


(Foto: Fundação Municipal de Cultura)


Já a aposentada Helena Pereira, que acompanhava a neta de 8 anos, explicou que é esse o tipo de cultura que deve ser valorizada pelo povo de Campo Grande. “É isso que quero mostrar para meus netos, toda a alegria, a música, as marchinhas antigas e o que é bom”, revelou.


O Bloco do Tereré, que participou do desfile pelo sexto ano consecutivo, também desenvolve um trabalho social durante o resto do ano. A professora, Helena Delgado explicou que nos períodos fora do carnaval trabalha com aulas de músicas para crianças e adultos. “E assim fazemos nossa história, com apoio de nossa comunidade”.


Muitas pessoas também acompanharam ao desfile pelas arquibancadas, como o professor Eduardo Esteves, que levou sua família ao evento. “Assistimos muitas marchinhas antigas. Esta é uma ideia do resgate do carnaval antigo. É muito bom para nós relembrarmos nossa história. É um ambiente para família muito organizado com estrutura e segurança. Parabéns aos organizadores”, frisou.

(Foto: Renan Gonzaga)


Quem abriu o desfile foi o bloco convidado, Cordão Valu, que foi criado há oito anos e se tornou um dos mais tradicionais de Campo Grande. “Achei merecido, afinal eles são um dos melhores do carnaval da cidade. O Valu tem outro stats”, comentou a estudante Márcia Pereira.


O evento recebeu apoio da Guarda Municipal, da Policia Militar, da Defesa Civil, funcionários da Fundac e os fiscais da Semadur. E o corpo de jurados foi formado por Ângelo Arruda, vereadora Luiza Ribeiro, Victor Samúdio e Jair Damasceno.


No final, mesmo com a chuva que caiu as 18h, a maioria das pessoas que compareceram ficaram satisfeitas com a festa. “Muito bonito de se ver, bem organizado e com policiamento. Já quero voltar no próximo ano”, prometeu o jovem Ricardo Duarte.


(Foto: Fundação Municipal de Cultura)

Leia Também

Homem é preso por vender ossadas de cemitério para rituais religiosos no Rio
Geral
Homem é preso por vender ossadas de cemitério para rituais religiosos no Rio
Brasil tem 513 mortes pela covid em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 513 mortes pela covid em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite
Cidade Morena
Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite
Babaca: homem invade quintal e mata cachorro a pauladas em Anastácio
Interior
Babaca: homem invade quintal e mata cachorro a pauladas em Anastácio