Menu
domingo, 07 de março de 2021
Geral

Após viralizar com receita de slime, idoso é acusado de pedofilia

O curioso do caso é que as 'denúncias' começaram após ele ter declarado ter votado em Jair Bolsonaro para presidente

07 fevereiro 2019 - 07h45Por Da redação / Meia Hora

 Nilson Izaias tem 72 anos e se tornou um sucesso em questão de dias no YouTube após publicar um vídeo em que consegue finalizar uma receita de slime — aquela massinha pegajosa que é sucesso entre as crianças. O canal dele já tem 2,5 milhões de seguidores, e o número não para de crescer. Nas últimas horas, porém, Izaias foi alvo de perfis falsos se passando por ele. Além disso, começaram a surgir fake news e denúncias virtuais acusando o idoso de pedofilia.

Nesta quarta-feira, ele gravou um vídeo caseiro, como de costume, de pouco mais de dois minutos. Ele se posiciona sobre as acusações virtuais que vem sofrendo na Internet. O curioso do caso é que as 'denúncias' começaram após ele ter declarado ter votado em Jair Bolsonaro para presidente.

"Oi, meus amigos, minhas amigas. Gostaria de dar um recadinho para vocês. Estão aproveitando aí, pessoas com má intenção, falando mal de mim, falando que sou isso e aquilo, inventando mentiras. São tudo fake, tudo falso, tudo mentira. Eles falam, mas não mostram a prova", afirmou.

Nilson Izaias também agradeceu o carinho e o apoio de crianças e mulheres que escrevem para ele e atribui o ataque a pessoas maldosas. "Tem pessoas que têm 'mente poluída", afirmou.

Com um número milionário de seguidores e sem saber como agir, o idoso cogita abandonar o canal no YouTube. "Eu estou até assustado com tanta mentira e dá até vontade de bloquear meu canal, porque, para ouvir tanta mentira assim... não dá. Já tenho 72 anos, nunca ofendi ninguém, nunca fiz mal para ninguém. Essas pessoas estão fazendo montagem, editando vídeos meus, se passando por mim e falando mal. É montagem, tá, gente? Muito obrigado, um abração a todos e fiquem com Deus", finaliza.