TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
segunda, 19 de abril de 2021
Geral

Casal cria “Barbiearia” para evitar situações de homofobia

Cansados de preconceito, casal decidiu inovar

27 fevereiro 2021 - 14h29Por Nathalia Pelzl

O casal Felipe Alves e Diógenes Machado, ambos de 27 anos, de Joinville, abriu o estabelecimento “Barbiearia“, que tem como foco ser uma barbearia que atenda o público LGBTQIA+, mas também atende, sem preconceito, pessoas heterossexuais.

 “Nosso foco é fazer com que as pessoas se sintam acolhidas” – diz Felipe ao canal O Município Blumenau. 

“Criei o hábito de frequentar barbearias. Mas cada vez era pior. Barbearias são ambientes tóxicos e homofóbicos. Eu como gay, sentia uma diferença bem grande na forma que o barbeiro me tratava quando percebia que eu era gay”, complementou. 

Felipe, que trabalha como maquiador, disse que também não se sentia muito à vontade em trabalhar com salões de beleza tradicionais.

A ideia surgiu em maio de 2020 e só em julho a o comércio foi inaugurado.  

“Foi tudo feito por nós mesmos, contratando apenas o eletricista” – explica Felipe.

O público da Barbiearia é variado, incluindo mulheres que dizem que não são atendidas em outras barbearias. 

“Tem bastante casal heterossexual que vem aqui. Enquanto a mulher corta o cabelo, o faz a barba”. 

O local acabou viralizando no Twitter recentemente quando um usuário compartilhou a imagem, rendendo 94 mil curtidas, 6 mil compartilhamentos e 900 comentários.