Menu
quarta, 30 de setembro de 2020
Geral

FAROESTE: policial civil mata policial militar e atinge mulher durante briga em casa de show

Mulher levou um tiro na perna e foi levada para o Hospital de Base

15 abril 2019 - 13h14Por G1/DF

Um policial militar foi morto e uma mulher foi baleada na madrugada desta segunda-feira (15), na casa de show Barril 66, em Águas Claras, no Distrito Federal. Segundo a polícia, o autor dos disparos é um policial civil que ainda não teve a identidade revelada.

Em imagens do circuito interno de segurança do local é possível ver o momento em que o PM passa pelo policial e eles se esbarram. Em seguida, os dois sacam as armas e o militar é atingido por três disparos e cai no chão.

A polícia foi acionada pelo 190. Segundo a corporação, o crime aconteceu por volta 3h da manhã e a polícia ainda apura o que pode ter acontecido.

Antes de chegar ao local, os policiais ouviram tiros. Na casa de shows encontraram o 1º tenente da Policia Militar, Herison de Oliveira Bezerra, baleado com três tiros no tórax. Ele chegou a ser levado para o Hospital Regional de Taguatinga, mas não resistiu e morreu no local. O tenente trabalhava no 10º Batalhão da PMDF, em Ceilândia.

Já a mulher levou um tiro na perna e foi levada para o Hospital de Base, mas segundo familiares, não corre risco.

O estabelecimento tem capacidade para 1.500 pessoas. Segundo o gerente, o local estava lotado e todos saíram correndo após os tiros.

Até a publicação desta reportagem, o autor dos disparos prestava depoimento na Corregedoria da Polícia Civil.

Leia Também

Ministra Tereza Cristina e ministro Salles vão visitar Pantanal no sábado
Geral
Ministra Tereza Cristina e ministro Salles vão visitar Pantanal no sábado
Mulher é presa após chamar motorista de aplicativo de "gordo, preto e fedido”
Interior
Mulher é presa após chamar motorista de aplicativo de "gordo, preto e fedido”
Prefeitura garante R$ 70 mil em prêmios no Nota Premiada Campo Grande
Cidade Morena
Prefeitura garante R$ 70 mil em prêmios no Nota Premiada Campo Grande
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos em Dourados
Polícia
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos em Dourados