Menu
sábado, 23 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Geral

Fiscalização fecha igreja lotada; pastor pede orações ao prefeito durante abordagem

O evento era transmitido ao vivo nas redes sociais

22 março 2021 - 10h00Por Dany Nascimento

Uma igreja acabou interditada após realizar um culto com dezenas de fiéis sem máscaras em Peruíbe, no litoral de São Paulo.

O evento era transmitido através de uma live nas redes sociais do pasto e foi reproduzida o momento em as autoridades chegaram ao local.

De acordo com o G1, o caso ocorreu em uma igreja localizada na Avenida Domingos da Costa Grimaldi, no bairro Jardim Brasil. Por volta das 21h, a força-tarefa montada pela prefeitura recebeu uma denúncia via Centro Operacional de Peruíbe (COP). 

Equipes da Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar e Vigilância Sanitária seguiram para o local.

No vídeo, é possível ver o momento em que as equipes chegam à igreja e flagram 45 fiéis dentro do estabelecimento religioso, a maioria sem máscaras.

No momento em que a força-tarefa chega no local, o pastor, que estava em oração, pede benção a Deus para o prefeito Luiz Maurício (PSDB), para os moradores e para as autoridades. “Abençoa, Senhor, a cidade de Peruíbe, o prefeito Luiz, e também todo este lugar. Abençoa as autoridades municipais e traz a sua vitória sobre cada munícipe, sobre cada cidadão dessa cidade”, diz o pastor.

Minutos depois, a celebração religiosa é encerrada, e os fiéis, junto com o pastor, seguem para falar com as equipes. Eles são notificados de que o local será interditado e protestam contra o fechamento, afirmando que o local está aberto, também, para a distribuição de alimentos. Apesar disso, a abordagem ocorreu de maneira pacífica, como mostra o vídeo.

O local foi efetivamente interditado e multado.  Clique aqui e veja o momento em que a fiscalização chega ao local