Menu
sexta, 26 de fevereiro de 2021
Geral

Flamengo cede imagens das arcadas dentárias ao IML para agilizar identificação dos corpos

Presidente do time chegou ao clube para reunião de crise

09 fevereiro 2019 - 08h51Por G1

O Flamengo entregou ao Instituto Médico-Legal do Rio imagens das arcadas dentárias dos 10 jovens mortos no incêndio do Ninho do Urubu para agilizar a liberação dos corpos. Nove das 10 vítimas foram encontradas carbonizadas no alojamento que pegou fogo nesta sexta (8) - não há informações sobre como o 10º corpo estava.

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, chegou à sede da Gávea para reunião de crise.

Até as 8h (DF) deste sábado foram identificados os corpos de quatro pessoas:

Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, liberado do IML na madrugada. O enterro será neste sábado em Volta Redonda (RJ);  Bernardo Pisetta, ainda no IML; Pablo Henrique da Silva Matos, identificado por impressões digitais e liberado do IML na madrugada. O enterro será neste sábado em Oliveira (MG);     Victor Isaías, ainda no IML.

Ainda precisam ser identificados para liberação:

 Athila Paixão, de 14 anos; Christian Esmério, 15 anos; Gedson Santos, 14 anos; Jorge Eduardo Santos, 15 anos; Rykelmo de Souza Vianna, 16 anos; Samuel Thomas Rosa, 15 anos.

Com os desenhos dos dentes cedidos pelo Flamengo, porém, não seria preciso fazer exame de DNA nestes seis corpos, o que poderia levar semanas - mas o teste genético não está descartado, caso arcadas estejam comprometidas.

Treze jovens escaparam sem ferimentos.