TCE SETEMBRO
Menu
sexta, 24 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Geral

Frota pede abertura de CPI da Facada: "Foi uma armação"

O deputado protocolou um pedido para que ato contra Jair Bolsonaro fosse investigado e suspeita que tudo foi premeditado

13 setembro 2021 - 18h10Por Vinicius Costa

O deputado federal Alexandre Frota, do PSDB, decidiu protocolar, nesta segunda-feira (13), um pedido para que fosse aberto uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investigasse o atentado contra o presidente Jair Bolsonaro.

Na época das eleições presidenciais, o atual governante foi atingido por uma facada que o deixou de fora de vários debates e o parlamentar suspeita que tudo foi armado e arquitetado para que ele fosse eleito.

“Estou, agora, na primeira hora, protocolando pedido de abertura da CPI da Facada. Estou convencido de que foi uma armação. Aproveitaram a doença que esse sujeito tinha na época e criaram essa narrativa do atentado. Ele foi de 8 segundos de TV para 24 horas de TV”, escreveu o parlamentar em seu perfil no Twitter.

Em outra rede social, Frota usou a imagem do momento em que Bolsonaro recebia a facada na e disse que “foi na facada que ele ganhou as eleições”.

Para a IstoÉ, o deputado federal explicou que tem motivações após ver um documentário e que estaria buscando assinaturas para que a CPI seja aceita.

“Depois de assistir ao documentário, aliás, muito bem feito, do jornalista Joaquim de Carvalho, ficou evidente que muitas coisas não foram investigadas, muitas perguntas sem respostas. Então, me convenci de que a facada foi armada, premeditada. Simples assim. Quem discordar, assina e discute com a gente lá”, emendou.