Menu
Busca sexta, 18 de outubro de 2019
Top Ms
Geral

Glenn Greenwald dá explicações na Câmara e diz que tática de Sérgio Moro é 'cínica'

Jornalista norte-americano criticou a forma como o ex-juiz federal avalia o vazamento de conversas no Telegram

25 junho 2019 - 18h25Por Thiago de Souza

O jornalista norte-americano, Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, disse em audiência na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (25), que a tática de Sérgio Moro para tirar a credibilidade dos conteúdos vazados pelo site dele é ''cínica''.

''Moro não está defendendo do comportamento que ele teve, porque é impossível ele defender. Ele está fazendo algo diferente, uma tática muito cínica, ele está tentando enganar o público, dizendo que o material é falso”, criticou o editor do The Intercept  Brasil.

Greenwald foi convidado pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara e foi espontaneamente. Desde o dia 9 de junho, um domingo, o The Intercept Brasil publica conversas entre Sérgio Moro, então juiz federal do caso da Lava Jato e procuradores da Força Tarefa da operação, no aplicativo Telegram

''O interessante é que nenhuma vez Moro disse que qualquer coisa que estamos publicando foi alterada ou não é autêntica. Ele está sempre dizendo ‘poderia ser alterado'”, acrescentou. 

Greenwald também afirmou que o material continuará a ser divulgado e o ministro da Justiça não poderá fazer nada para impedir isso.

Nas mensagens divulgadas pelo site, o ex-juiz federal dá orientações ao procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba.

O jornalista comparece à Câmara uma semana após Moro prestar esclarecimentos no Senado. Greenwald reafirmou que recebeu o conteúdo que divulga de uma fonte secreta e que checou a autenticidade do material. Ele não disse se as conversas foram obtidas por um hacker ou não.