Menu
quarta, 04 de agosto de 2021
Geral

Hostilizada por bolsonarista, repórter da CNN interrompe transmissão ao vivo

Ela estava direto do Palácio do Alvorada

27 maio 2020 - 20h11Por Thiago de Souza

A repórter Julliana Lopes, da CNN Brasil, foi obrigada a interromper uma transmissão ao vivo, nesta quarta-feira (27), após ser hostilizada por um apoiador do presidente Bolsonaro. 

A jornalista falava a respeito do inquérito comandado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, que autorizou mandado de busca e apreensão em endereços de pessoas ligadas ao presidente da República. 

Enquanto explicava as ações, direto do Palácio da Alvorada, um homem gritava para ela: 

''Abraham Weintraub tem razão'', dizia o manifestante. O homem estava em um balsão que costuma ficar repleto de eleitores de Bolsonaro. Eles ficam separados dos jornalistas por apenas uma grade.

Julliana Lopes, então, precisou interromper sua fala e explicou para a âncora Larissa Alvarenga que não seria possível prosseguir naquele momento. “Larissa, eu vou voltar com você no estúdio. Está difícil falar, daqui a pouquinho eu volto”, disse ela.