Menu
segunda, 26 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Geral

Letícia Almeida acusa Jonathan Couto de abuso sexual: 'me embriagou, não reagi'

De acordo com a atriz, Jonathan ainda ofereceu a pílula do dia seguinte dois dias após o abuso

14 fevereiro 2019 - 11h56Por Da redação / Meia Hora

A ex-namorada de Saulo Pôncio, Letícia Almeida acusou o cantor Jonathan Couto de abuso sexual durante entrevista ao programa "Super Pop", da Luciana Gimenez. Embriagada pelo seu concunhado, a atriz disse que ele fez sexo com ela sem consentimento.

"Tudo aconteceu quando Saulo viajou. Não costumo beber, mas estava bêbada aquele dia por causa de uma comemoração. Ele me ofereceu bebida e me levou pro último andar da casa e teve relações comigo, sem meu consentimento. Eu não lembrava devido a minha embriaguez e não tive reação. Rapidamente, consegui me livrar daquilo, fui para o meu quarto e dormi", explicou Letícia Almeida.

 Foto: Instagram

De acordo com a atriz, Jonathan ainda ofereceu a pílula do dia seguinte dois dias após o abuso. Letícia teve uma filha do concunhado Jonathan Couto, que é casado com Sarah Pôncio, a irmã de Saulo Pôncio, que vem a ser o ex-namorado de Letícia e filho do pastor Márcio. Saulo assumiu a paternidade da filha da atriz no momento do nascimento, antes de descobrir que não era o pai.