Menu
domingo, 25 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Geral

Mãe pede roupas usadas para bancar tratamento do filho de 7 anos com doença grave

Ela é dona de brechó e acompanha o filho que operou em hospital de SP; o dinheiro acabou

14 fevereiro 2019 - 17h00Por Celso Bejarano

Sandra Aparecida Costa Campos, 37 anos, manicure, moradora de Nova Andradina (cidade distante 300 km de Campo Grande), mãe do estudante Luiz Cláudio, de 7 anos, está desenvolvendo uma campanha para arrecadar roupas usadas. A ideia é vender as peças coletas e, com isso, bancar o tratamento médico do filho, que se recupera de uma cirurgia em hospital de São Paulo.

O garoto da manicure é portador de uma doença com nome comprido, a distrofia muscular congênita merosina negativa. 

Luiz já nasceu com a enfermidade, que é hereditária, lenta ou rapidamente progressiva, que afeta principalmente o músculo estriado e tem em comum um padrão distrófico de necrose-regeneração característico na biópsia muscular. Até o presente momento não há tratamento definitivo para estas crianças.

A manicure disse que viajou para São Paulo com o filho no dia 27 de janeiro. Lá, o menino foi submetido a uma cirurgia no estômago no Hospital das Clínicas para a inserção de uma sonda. Diagnóstico médico indica que o período de recuperação da criança não tem data definida. Ou seja, o garoto recebeu alta médica, mas precisa ficar perto do hospital devido às constantes consultas pós-operatória.

“Estamos numa pensão que cobra a estadia por mês. E o dinheiro acabou por isso peço roupas para vender no brechó que montei em casa. Conseguimos vir pra cá graças as vendas do brechó, pizzas e as rifas que vendemos”, disse ela.

Sandra negocia as peças de roupas a preços que variam de R$ 2 a R$ 5.

“Todo o dinheiro arrecadado investimos no tratamento de meu filho”, afirmou a manicure, que tem outra filha, de 16 anos de idade, que o ajuda no brechó.

SERVIÇO

A manicure disse que quem puder fazer as doações podem ligar para ela (67 - 99648-6264). Ou, então, depositar qualquer quantia nessa conta: agência da Caixa Econômica Federal de número 0788, operação 013, conta 12.952-3, que está em nome de Sandra Aparecida Costa Campos.